Guia de Mongaguá: praias, cachoeiras e muitas atrações turísticas no fim de semana

Enganasse quem pensa que Mongaguá só tem praias. A cidade oferece uma excelente estrutura para ecoturismo, turismo rural e cultural, como a visita à aldeia indígena guarani.

Mongaguá: fica a 90 km de São Paulo

 

Como chegar

  • De carro: sistema Anchieta/Imigrantes e seguir pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055).
  • De ônibus: partem do Terminal Rodoviário Jabaquara (SP). 

 

Principais atrações 

#Praias 

  • Praia Agenor de Campos
  • Praia do Centro
  • Praia Itaóca
  • Praia Vera Cruz
  • Praia da Vila Atlântica

#Poço das Antas

É uma das principais atrações de Mongaguá, um dos pontos turísticos mais visitados, sendo um local muito procurado pelos turistas e moradores.


Trata-se de um recanto ecológico abençoado pela mãe natureza que dispõe de uma boa infra-estrutura, com banheiro, pontes com corrimão, lanchonetes, guarita e um amplo estacionamento.

Excelente lugar para banho e piquenique e para quem pretende se aventurar pelas trilhas morro acima, que levam até ás cachoeiras.

Onde: Rua das Cascatas, s/nº, Bal. Pedreira
Funcionamento de fim de semana: sábado e domingo, das 8h às 17h

#Parque Turístico Ecológico A Tribuna

Atualmente, o Parque possui recinto para Jabutis, um Serpentário com cobras peçonhentas e não peçonhentas, um Viveiro interativo de Aves, recinto de Quati, Jacaré, Tucanos, Gavião, além de 15 aquários tropicais e marinhos com peixes de diversas partes do globo.

Lá você encontra um espaço destinado a Educação Ambiental com um acervo de conchas, sementes, pedras, areias de todas as praias do litoral de São Paulo, além de muita informação sobre os mais diferentes temas ambientais.

Onde: Av. Governador Mário Covas Júnior, 10.410, Balneário Plataforma.
Funcionamento de fim de semana: sábado e domingo, das 8h às 16h.

#Plataforma de Pesca

Visitada por inúmeros turistas e munícipes, o local é um dos cenários mais bonitos e encantadores do Brasil.

Instalada na cidade em 1977, é a maior plataforma pesqueira em estrutura de concreto armado avançando 400 metros mar adentro formando um “T” e se lançando 86 metros para cada um dos lados.

Na entrada há sanitários, local apropriado para lavagem dos pescados e apetrechos de pescas.

Onde: Av. Governador Mário Covas Júnior, 10.181, Balneário Plataforma
Funcionamento de fim de semana: 24 horas por dia, todos os dias.

#Feiras de Artesanato

Um sofisticado complexo de 98 quiosques com arquitetura própria de madeira maciça e tijolos aparentes. Ótimo local para compras de artesanatos locais.

Onde: Rua 07 de dezembro, s/n – Próximo à Pça Jacoub Koukdjian.

#Belvedere Municipal

Belvedere está localizado no morro do Jardim Aguapeú. Possui um mirante, de onde é possível ter uma vista panorâmica da Cidade.

No local também estão instaladas as torres de transmissão de emissoras de televisão. 

Onde: Acesso pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-55), sentido São Paulo-Peruíbe.

#Complexo Zona Rural

A Zona Rural tem tantas atrações que se pode passar o dia todo pescando, cavalgando, curtindo as piscinas de águas naturais ou simplesmente descansando á sombra de uma árvore, enquanto revoadas de tucanos ou de papagaios passam por você.

Nos pesqueiros, pode-se alugar equipamentos e pescar diversos tipos de peixes como o pacu, a tilápia, o tambacu, e ainda comer por ali mesmo o que foi pescado, já que oferecem o serviço de limpeza e preparo.

Onde: o acesso para a Área Rural é realizado pela Avenida Nossa Senhora de Fátima, principal via do bairro Agenor de Campos. As vias têm boas condições de tráfego, porém os motoristas devem ficar atentos aos dias de chuva, pois o trajeto é em areia e cascalho.

#Mirante de Nossa Senhora Aparecida

Com mais de 15 metros de altura e aproximadamente de 2,5 toneladas, a estátua de Nossa Senhora Aparecida está instalada numa linda trilha urbana feita em uma passarela de madeira com 150 metros de extensão e 2m de largura.

São 139 degraus em meio à mata nativa do morro dos macacos. É possível avistar pássaros silvestres e no deck com 30 metros acima do chão, ter uma visão deslumbrante da região.

Lá também tem uma capela onde todo dia 12 reza-se um terço. 

Onde: Avenida Marina, s/n – Centro
Funcionamento de fim de semana: sábado e domingo, das 8h às 17h.

#Skate Park

Destinado à prática de esportes radicais, fica logo na entrada do morro, com uma pista de 600 mts2, arquibancada para 200 pessoas, iluminação, estacionamento para bicicleta e guarita de segurança. 

Onde: Avenida Marina, s/n – Centro
Funcionamento de fim de semana: sábado e domingo, das 8h às 22h. 

 

Conclusão

Como vimos a diversos motivos para pegar uma estrada no fim de semana em direção a Mongaguá. Seja de carro, de ônibus ou de carona, o importante é saber se planejar antes de qualquer viagem.

 

Gostou dessa? Quer aprender mais?

Acesse MeuFindi e veja como você pode transformar sua vida agora mesmo.

  • Para Pessoas que gostam de se divertir;
  • Que precisam de dicas e informações na palma da mão;
  • Um site que oferece ideias do que fazer nos fins de semana e viagens de lazer;
  • Diferente de sites gratuitos;
  • Divirta-se com dicas de roteiros , descontos e cortesias de acordo com seu perfil.

QUERO SABER COMO APROVEITAR TODOS OS FINS DE SEMANA E FERIADOS DE 2018

Fim de Semana no Parque Ibirapuera: 4 museus pouco conhecidos que você precisa conhecer imediatamente

Veja como é fácil conhecer os museus no Parque do Ibirapuera. 

Suas prioridades durante a semana são o trabalho, os estudos e também a academia. Mas passear com os amigos e o mozão também são?

Com pouco tempo para programar o fim de semana, a primeira coisa que fazemos é entrar na internet e pesquisar nos motores de busca ou as redes sociais.


Até aqui tudo bem, acho que muitas pessoas fazem assim mesmo. Mas o resultado disso é uma verdadeira frustração.

Milhões de informações desconexas, desorganizadas e de lugares que nem existem mais, e o simples ato de pesquisar acaba atrapalhando mais do que ajudando.

Sabemos que planejar um fim de semana não é assim tão complexo, mas é preciso algumas horas de navegação para conseguir montar um programa completo, de acordo com o seu perfil e com informações relevantes.

Agora imagina programar todos os fins de semana do ano ou da vida?

Nós imaginamos e para te ajudar, montamos esse pequeno e surpreendente roteiro dentro do Parque Ibirapuera, para você aproveitar seu fim de semana.

Continue lendo…

O Parque Ibirapuera

O mais famoso parque da cidade, o Ibirapuera, é sem dúvida um dos principais pontos turísticos de SP.

Considerado por muitos o melhor parque do país, o Ibira conta com 1,5 milhão de metros quadrados, ideal para caminhadas, corridas e passeios de bike, assim como praticar diversas atividades em suas múltiplas quadras poliesportivas.

Além de sua imensa diversidade vegetal e animal, o parque abriga ainda dois conhecidos monumentos da capital, o Obelisco e o Monumento às Bandeiras.

Leia mais ->

Veja também:

+ Planetário do Ibirapuera tem sessões gratuitas todos os Fins de Semana ->
+ Guia SP com Pets: 4 playgrounds para ir no Fim de Semana ->
+ 8 passeios imperdíveis em SP para visitar no Fim de Semana ->

 

Museu #1: Pavilhão Japonês

Dentro do Parque do Ibirapuera existe um escondido e agradável recanto de calmaria.

O Pavilhão Japonês, uma construção inspirada no Palácio Katsura, que fica na cidade de Quioto no Japão.

Além do jardim repleto de plantas e árvores ornamentais, identificadas com nome científico e país de origem, o pavilhão abre as portas para uma pequena mostra da memória e cultura japonesa.

São Paulo a maior colônia fora do Japão.

Leia mais ->

 

Museu #2: MAM

O Ibirapuera não é apenas um ponto de lazer, mas também um reduto cultural no qual estão localizados alguns dos principais museus de São Paulo.

Um deles, o Museu de Arte Moderna (MAM), possui um acervo de 5,5 mil peças, que se dividem entre fotografia, desenho, pintura, entre outras formas de expressão.

Funcionamento no Fim de Semana: sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h.

 

Museu #3: Museu Afro Brasil

Também dentro do parque encontra se o Museu Afro Brasil, que destaca a importância da cultura africana na formação da identidade do brasileiro, na perspectiva de artistas nacionais e internacionais.

Com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, a exposição está dividida em 06 núcleos:

  • África: Diversidade e Permanência,
  • Trabalho e Escravidão;
  • As Religiões Afro-Brasileiras,
  • O Sagrado e o Profano,
  • História e Memória
  • Artes Plásticas: a Mão Afro Brasileira.

Leia mais ->

 

Museu #4: MAC

Ainda nas imediações do Ibira, pode ser visitado o Museu de Arte Contemporânea (MAC), cuja coleção de obras traça um panorama da evolução da arte no século passado, e que recebe algumas das mais badaladas exposições da cidade.

Funcionamento no Fim de Semana: sábados e domingos, das 10h às 18h.
Quanto: Gratuito

 

Gostou dessa? Quer aprender mais?

Acesse MeuFindi e veja como você pode transformar sua vida agora mesmo.

  • Para Pessoas que gostam de se divertir;
  • Que precisam de dicas e informações na palma da mão;
  • Um site que oferece ideias do que fazer nos fins de semana e viagens de lazer;
  • Diferente de sites gratuitos;
  • Divirta-se com dicas de roteiros , descontos e cortesias de acordo com seu perfil.

QUERO APROVEITAR O FIM DE SEMANA E CONHECER OS PRINCIPAIS PARQUES DE SP

 

Nossas redes sociais:
Facebook: /MeuFindi | Instagram: @MeuFindi | Twitter: @MeuFindi

Fim de Semana

9 Passeios Imperdíveis na Avenida Paulista em SP

A expressão “Turistar” em São Paulo, pode soar estranho, mas a cidade é repleta de passeios e atrações imperdíveis.

Para começar a desbravar esta metrópole, preparamos um Roteiro bem legal para curtir na Avenida Paulista.  Confira!!

Avenida Paulista

Entre os arranha-céus da Avenida Paulista, um dos principais expoentes culturais da cidade, podemos encontrar muitos teatros, cinemas, feiras de artesanato, museus e centros culturais.

O melhor de tudo é saber que alguns deles oferecem entrada gratuita.

De início, é bom lembrar que aos domingos das 10h ás 19h, a Avenida paulista é fechada para veículos e aberta para pedestres e ciclistas. O bloqueio ocorre entre a Praça Osvaldo Cruz e a Rua da Consolação.

Começando pelo Centro Cultural FIESP, você encontrará uma programação repleta de peças de teatros, podendo se programar para assistir gratuitamente qualquer uma delas.

+ Confira a programação no site MeuFindi sobre o Centro Cultural FIESP.

Seguindo, visite o Parque Trianon MASP e suas alamedas, sendo estas um pequeno refúgio verde na Paulista. Em frente, está localizado o MASP, que é uma das paradas obrigatórias desse passeio, além de ser um dos museus mais importantes do Brasil.

Todos os domingos, acontece a Feira de Antiguidades do MASP, das 10h às 17h. Aqui, você encontra arte, antiguidades, produtos de design, colecionáveis, curiosidades, jóias, canetas, relógios, numismática, quadros, livros, brinquedos e muito mais.

Se quiser um pouco mais de mobilidade, sugerimos alugar uma bicicleta no projeto Bike Sampa, desenvolvido pelo Banco Itaú, que aluga bicicletas em vários pontos estratégicos da cidade.

As bikes podem ser utilizadas gratuitamente durante 1 hora, após este período, é cobrada uma taxa de R$ 5 a cada meia-hora adicional. Para usar o serviço, basta efetuar seu cadastro no site oficial do Bike Sampa.

No sentido do metrô Paraíso, ainda pela Avenida Paulista, tem a Casa das Rosas e o Itaú Cultural, com vasta programação cultural e diversas exposições interessantes e gratuitas.

Na Casa das Rosas não deixe de visitar o charmoso e delicioso Caffè Ristoro.

Quando a noite chegar, o ideal é dar uma esticada para conferir a programação na Rua Augusta, para aproveitar ao menos uma das inúmeras opções de entretenimento, como o tradicional Bar Ibotirama e a casa noturna Beco 203.  Isso sem contar as tantas outras casas que tocam desde o rock clássico à música eletrônica.

Outra opção é dar risadas no Comedians Comedy Club. Um bar que tem, todas as noites, apresentações com os melhores comediantes de stand-up da atualidade.

Veja passeio completo com dicas e benefícios no site.

MeuFindi, o 1º clube de assinaturas que dá Descontos, Cortesias e Vantagens. Além de ajudar você a programar o fim de semana em Um clique. Tudo em um único site.

Nossas redes sociais:
Facebook/MeuFindi | Instagram@MeuFindi Twitter@MeuFindi

Conheça São Paulo pelos trilhos do metrô

Aproveitar o fim de semana na maior metrópole do Hemisfério Sul, muitas vezes assusta quem não a conhece, por ser tão grande. 

Para facilitar o seu planejamento e aproveitar melhor algumas das principais atrações da cidade, listamos 5 opções de lugares que podem ser visitados usando somente o metrô.

Não precisa de carro, táxi ou afins. Pegue sua mochila e explore a capital paulista por uma das quase 60 estações. Confira nossas dicas:

Linha 1-Azul, que faz o trajeto Norte-Sul ligando o Tucuruvi ao bairro do Jabaquara:

Pinacoteca do Estado de São Paulo

Um dos mais importantes museus de arte do Brasil


A Pinacoteca é uma visita obrigatória em São Paulo. Somente a arquitetura e a beleza do local já valem a visita. Além do encanto natural a coleção de obras, que é fantástica, você poderá apreciar obras de artistas famosos como Tarsila do Amaral e Rodin.

Na exposição permanente, a Pinacoteca tem em seu acervo obras de Di Cavalcanti, Rodin, Almeida Junior, Eliseu Visconti, Tarsila do Amaral, Nelson Leirner, Victor Becheret, Antonio Parreira, quadros a óleo de diversos artistas e um salão com obras direcionadas à cidade de São Paulo.

Quando: Quarta a segunda, das 10h às 17h30 com permanência até as 18h. Possui bicicletário e estacionamento gratuito

Quanto:R$ 6 (inteira) e R$ 3 (estudante).
Grátis aos sábados. Crianças com até 10 anos e idosos maiores de 60 anos não pagam.

Onde: Praça da Luz, 2 – Luz – São Paulo
Em frente à estação Luz do Metrô e da CPTM esta é uma das melhores opções para quem utiliza o transporte público.

Maiores informações no site.

Bairro da Liberdade


Leve sua família para uma viagem no bairro da Liberdade! Suas principais ruas possuem em sua decoração as tradicionais lanternas orientais e os letreiros de algumas lojas escritos em japonês e chinês. Passear por lá certamente será fantástico.

Uma dica também é conhecer o Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, que possui um acervo de mais de 97.000 itens pertencentes aos imigrantes japoneses, tais como documentos diversos, fotos, jornais, microfilmes, livros, revistas, filmes, vídeos, discos LP, quadros de pinturas, utensílios domésticos e de trabalho.  Isso sem contar os kimonos, que registram a história desses imigrantes aqui no Brasil.

Onde: metrô Liberdade

Maiores informações no site.

 

Linha 2 – Verde, que contempla a avenida mais famosa de São Paulo, a Avenida Paulista, e liga a Estação Vila Madalena a Vila Prudente:

MASP – Museu de Arte de São Paulo

Exposição Paulista

Exposição Paulista no MASP volta a atenção para seu entorno, compreendendo a Avenida Paulista não apenas como local onde o Museu está inserido, mas também como objeto de consideração e reflexão.

Símbolo da cidade, a Avenida Paulista carrega também as contradições, fricções e tensões de uma cidade rica, complexa e desigual.

A mostra representa um olhar para este local icônico da cidade, que é ao mesmo tempo cartão-postal e palco de embates e disputas de muitas ordens.

Quando: terça a domingo, das 10h às 18h (bilheteria aberta até 17h30)
Quinta-feira, das 10h às 20h (bilheteria até 19h30)

Quanto: R$ 30 (inteira)
Às terças-feiras a entrada é gratuita mediante retirada de ingressos na bilheteria do MASP (10h às 18h).

Onde: MASP – Museu de Arte de São Paulo
Avenida Paulista, 1578 – Bela Vista

Metrô Trianon Masp

Maiores informações no site.

 

Linha 3-Vermelha, que liga a zona Leste a Oeste:

Praça da República

Visite a Feira da República e depois caia no samba

Muitos não sabem, mas a Praça da República, no centro de São Paulo, é um dos pontos mais visitados por turistas e moradores da cidade.

Aos domingos, acontece a popular Feira da Praça da República, voltada principalmente para as artes, que começou como uma pequena feira de selos e hoje conta com mais de 600 barracas dos mais diversos produtos. A feira inclui artesanato vindo do Norte e Nordeste do Brasil e de países vizinhos, como o Peru, artigos de decoração, esculturas, roupas, brinquedos, bijuterias, além de comidas típicas, lanches e doces em sua praça de alimentação.

Devido à sua localização, aproveite para passear nas redondezas: Av. Ipiranga e a Av. São Luís, ruas comercias, como a Vinte e Quatro de Maio, Sete de Abril e Barão de Itapetininga, além de outros indispensáveis pontos turísticos, como o Theatro Municipal e o Viaduto do Chá.

Quando: todos os domingos, das 8h às 18h

Quanto: gratuito

Onde: Praça da República

Metrô República

Maiores informações no site.

Shopping Metrô Boulevard Tatuapé

Interligado à estação Tatuapé do Metrô, o Shopping proporciona um ambiente agradável para compras, lazer, gastronomia e diversão.

São mais de 150 opções de lojas de diversos segmentos, Praça de Alimentação com várias opções de restaurantes e 5 salas Cinemark sendo 2 salas 3D.

Onde: Rua Gonçalves Crespo, 78 – Tatuapé

Estação Tatuapé do metrô e de trens da CPTM (linhas 11 e 12).

Maiores informações no site.

 

Quer aproveitar mais o seu fim de semana, curtir a família, os amigos? Então confira as dicas no site MeuFindi. Todas as informações que você precisar em um único lugar.

Nossas redes sociais:
Facebook/MeuFindi | Instagram@MeuFindi Twitter@MeuFindi

4 passeios incríveis e fora do tradicional no Rio de Janeiro

Que a Cidade Maravilhosa não se resume em Corcovado, bondinho do Pão de Açúcar e praias, isso todo mundo já sabe. Mas se você mora ou está programando uma viagem ao Rio de Janeiro, está pesquisando sobre passeios e roteiros diferentes para fazer, veja algumas dicas que o MeuFindi traz exclusivamente para você!

Selecionamos neste post 4 passeios incríveis e fora do tradicional no Rio de Janeiro para fazer no Fim de Semana. Confira!

 

Rio visto pela Trilha Morro 2 Irmãos

Caminho do Vidigal, rumo a trilha do Morro Dois Irmãos, fica em um dos cartões postais do Rio de Janeiro. A comunidade do Vidigal foi pacificada em 2012 e é referência para atividades turística. Atualmente há albergues, centros culturais, alguns barezinhos e até baladas à noite.

Considerada de nível médio, são apenas 1,6 km (+/- 40 minutos) de subida para chegar até ao topo e ter aos seus pés a vista panorâmica do Rio em 360 graus. Simplesmente lindo! A dica é acordar cedo para não sofrer demais com o calor durante a trilha. Você pode fazê-la sem guia, mas se não tem experiência com trilha, vale à pena contratar o serviço e aproveitar ao máximo sem preocupações durante o trajeto.

Depois que descer, pode circular pelas ruas, ver o comércio local, centro cultural e almoçar no Bar da Laje. Aos sábados, o bar serve a tradicional feijoada com roda de samba, em uma vista de tirar o folego, além de petiscos e claro o chopp gelado. Sem dúvida será um dia inesquecível pelo astral e o passeio inusitado.

Onde: Trilha Morro 2 Irmãos 

Como chegar: Ir de táxi ou pegar um ônibus até a Avenida Niemeyer (360, 382, 177). Ao descer na entrada do Vidigal, utilize o serviço de transporte alternativo, kombi, van ou moto táxi, até o campo de futebol na Vila Olímpica do Vidigal. Esse serviço custa aproximadamente R$ 2,50 por cada trecho de Kombi e R$10 de táxi.

Veja passeio completo com dicas e benefícios no site.

 

Escape 60

Você tem 60 minutos para escapar do quarto e não virar arquivo morto

Você e seus amigos nunca viram nada igual! Usem seus instintos e intuição para desvendar o enigma.

Convide seus amigos para um desafio no Escape 60, na sala O Escândalo de Star Kov.  Vocês são diretores da Star-Kov, a gigante de telecomunicações da Ucrânia e Vladimir Kursha, vice-presidente de finanças da empresa foi denunciado por atividades ilícitas. Com o objetivo de minimizar a crise, o presidente da empresa convocou-os para um evento no Grand Hotel Kiev.

Já hospedados, preparando-se para ir ao primeiro encontro, vocês notaram que a porta do quarto estava trancada e não pode ser aberta. Ao mesmo tempo, sentem cheiro de fumaça. Que cilada!

Vocês têm apenas 60 minutos para fugir do quarto antes que sejam transformados em arquivo morto. E aí, conseguem abrir esta sala?

Quanto: a partir de R$ 69 por pessoa

Onde: Escape 60 – Copacabana
Av. Atlântica, nº 4240 – Loja 323 – Copacabana – Rio de Janeiro/RJ

Telefone (21) 2147-2757

Veja passeio completo com dicas e benefícios no site.

 

Conheça a residência da Família Imperial Brasileira

Faça uma viagem ao século XIX com bom gosto e conectado com a natureza! Neste passeio você fará uma imersão no tempo em que os olhos se voltavam também para a vida ao ar livre e o verde.

A Quinta da Boa Vista é um imenso parque público de grande valor histórico por ter sido a residência da Família Imperial Brasileira.

O parque possui uma área de 155 mil metros quadrados, ajardinada em 1869 por projeto do paisagista francês Auguste Glaziou, a mando de D. Pedro II. Observar, por exemplo, o caminho de árvores que fica em frente ao palácio no inverno é uma das imagens mais bonitas da estação.

Tem muita coisa para fazer no parque, como andar de pedalinho, passear de canoa a remo, que são alugadas aos visitantes. As cavernas são uma atração à parte. Dentro das grutas artificiais, que lembram um covil de piratas, pode-se conferir diferentes tipos de estalactites. No local ainda poderá conhecer o Museu Nacional e o Museu da Fauna.

Quanto: Entrada no parque é Gratuita

Onde: Quinta da Boa Vista
Av. Pedro II, s/n – São Cristóvão – Rio de Janeiro/RJ

Veja passeio completo com dicas e benefícios no site.

 

Conheça cada cantinho do Theatro Municipal

Quem quiser conhecer a história de cada cantinho do Theatro Municipal, não pode perder esta chance. O teatro oferece visitas guiadas com 45 minutos de duração, com datas e horários pré-estabelecidos, em grupos de 25 pessoas.

As senhas para as visitas começam a ser distribuídas às 10h30, por ordem de chegada e obedecendo a sequência dos horários da visita. Quando acabam as senhas do primeiro horário, são liberadas as do segundo, e assim por diante. Vale chegar um pouco mais cedo para garantir a sua.

Conhecer um pouco da história do prédio que começou a ser erguido em 2 de janeiro de 1905, com a colocação da primeira das 1.180 estacas de madeira de lei sobre as quais está assentado, será um passeio bem interessante.

A decoração, chama atenção pela riqueza de detalhes, onde foram convocados alguns dos mais ilustres e consagrados artistas da época, como Eliseu Visconti, Rodolfo Amoedo e os irmãos Bernardelli, como também foram recrutados artesãos europeus para a criação dos vitrais e mosaicos. Eles são simplesmente lindos!

Se quiser ter uma palhinha do espetáculo que é conhecer o Theatro Municipal por dentro, descubra aqui.

Quanto: Ingresso R$ 20 por pessoa

Onde: Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praça Floriano, S/N – Centro – Rio de Janeiro – RJ

Veja passeio completo com dicas e benefícios no site.

Nossas redes sociais:
Facebook/MeuFindi | Instagram@MeuFindi Twitter@MeuFindi

fim de semana em família

6 passeios imperdíveis para curtir com as crianças no Rio de Janeiro

Nem precisamos dizer que a Cidade Maravilhosa tem muito mais que praias. A cidade conta com uma programação cultural, musical e gastronômica que enche os olhos dos turistas e principalmente para quem mora na cidade.

Selecionamos neste post, uma programação totalmente dedicada às crianças, com museus, parques de diversões, zoológico, peças teatrais e parques urbanos.

Confira nossa dica com 6 passeios imperdíveis para curtir com as crianças no fim de semana.

Museu Corpo de Bombeiros: as crianças vão amar conhecer

Qual criança nunca sonhou ver de perto um carro do corpo de bombeiros e poder tocar nele? O Museu do Corpo de Bombeiros é um incrível passeio que você poderá fazer com toda a família, mas em especial as crianças, que vão se divertir muito e viajar nas peças expostas no museu.

Onde: Museu Histórico do Corpo de Bombeiros
Praça da República, 45 – Centro – Rio de Janeiro/RJ

Quanto: Entrada Gratuita

Veja passeio completo com dicas e benefícios exclusivos no site

Leve as crianças para uma partida de Paintball

Neste campo de baixo impacto no Carioca Paintball Jacarepaguá, crianças a partir de 6 anos podem participar da brincadeira. Por isso, a brincadeira fica mais legal com muitos participantes. Organize um fim de semana diferente, convide toda sua família e amigos para essa sensacional brincadeira.

Onde: Carioca Paintball Jacarepaguá
Estrada do Catonho, 21902 – Jardim Sulacap – Rio de Janeiro/RJ
Ao lado do Hotel TABA e do Kabanas Catonho

Quanto: R$ 35 por hora e por pessoa

Veja passeio completo com dicas e benefícios exclusivos no site

AquaRio – Uma cidade maravilhosa até debaixo da água

Uma das maiores atrações do AquaRio é o tanque principal, o Recinto Oceânico e de Mergulho. Com 3,5 milhões de litros de água, sete metros de pé-direito e um túnel passando por seu interior, a combinação da impressionante massa d’água com a grande quantidade de peixes proporcionará uma experiência incrível e usualmente pouco acessível à grande maioria: a oportunidade de participar de um mergulho real com peixes, raias e tubarões.

Onde: AquaRio
Praça Muhammad Ali – Via Binário do porto, 194 – Gamboa – Rio de Janeiro/RJ

Quanto: Tarifa normal R$ 80

Descontos especiais:
Tarifa promocional:  R$ 60 (Moradores do Estado do Rio de Janeiro e pessoas nascidas no Estado do Rio de Janeiro)
Tarifa reduzida: R$ 40 (Crianças e adolescentes de 3 a 17 anos (brasileiros e estrangeiros)

Veja passeio completo com dicas e benefícios exclusivos no site

Entretenimento e Aventura garantida para jovens e crianças

Parque da Catacumba fica as margens da Lagoa Rodrigo de Freitas e conta com muitas opções de entretenimento para todas as idades. Entre os atrativos, além da área verde, estão as 31 esculturas expostas ao ar livre, além de uma trilha leve e bem sinalizada. Pelo caminho, ainda é possível se deparar com diversos micos-estrela.

Aproveite as atividades de lazer no parque, com preços que variam de R$ 20,00 a R$ 50,00, oferecido pela operadora Lagoa Aventuras. Há atividade para crianças, a partir dos 2 anos de idade. Todas as atividades são monitoradas e eles oferecem seguro e equipamento completo.

Onde: Parque da Catacumba
Av. Epitácio Pessoa, 3000 – Lagoa – Rio de Janeiro/RJ

Quanto: Entrada Gratuita

Veja passeio completo com dicas e benefícios exclusivos no site

Geo Family: um lugar mágico para as crianças

Leve seu filho para conhecer um lugar mágico, onde eles terão momentos inesquecíveis de alegria e diversão.

Neo Geo Family é um Parque Indoor totalmente diferente do que você já viu. Um ambiente moderno, iluminado, descontraído, colorido e agradável. Ele ocupa 800m² do Shopping Sulacap.

O parque oferece mais de 50 atrações para todas as idades, como o mini bumper car (carrinho de bate-bate), que você pode brincar junto com seu filho.

Onde: Neo Geo Family – Parque Shopping Sulacap
Av. Marechal Fontenele, 3545 – Jd Sulacap – Rio de Janeiro/RJ

Quanto: cada atração tem um preço diferenciado.

Descontos especiais:
Sexta-feira 10% de desconto o dia todo
Sábados e domingos 25% de desconto até ás 14h

Veja passeio completo com dicas e benefícios exclusivos no site

Show do Bita: leve as crianças para assistir

O espetáculo continua com a cantora Flora, que conquistou o carisma da plateia e ganha cada dia mais fãs pelo Brasil. Agora, o show passa a contar com 14 músicas selecionadas dos quatro DVDs:  Bita e os Animais, Bita e as Brincadeiras, Bita e o Nosso Dia e Bita e o Corpo Humano.

O roteiro repaginado também traz novas interações com o público. Lila, Tito e Dan, que integram a turminha, ganham mais destaque nos diálogos. O Bita continua sendo o personagem principal, mas as crianças Lila, Tito e Dan estão, com o passar do tempo, estão cativando cada vez mais o pequeno fã.

Onde: Teatro Bradesco – Shopping Village Mall
Av. das Américas, 3900, Piso SS1 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

Quanto: R$ 50 a R$ 120 inteira

Veja passeio completo com dicas e benefícios exclusivos no site

Nossas redes sociais:
Facebook/MeuFindi | Instagram@MeuFindi Twitter@MeuFindi

Faça como milhares de leitores do MeuFindi. Cadastre seu e-mail  e receba novos conteúdos em primeira mão!

fim de semana

8 dicas para se divertir em São Paulo gastando até 50 reais

Não há dúvidas de que São Paulo é a cidade mais democrática do Brasil quando o assunto é diversão. Repleta de atrações, mas que as vezes não cabem no bolso. Por isso, muitos deixam de sair de casa para se divertir e curtir o fim de semana.

No site do MeuFindi você encontra as melhores dicas de lugares para curtir gastando pouco, como peças teatrais, museus, shows de stand up, parques de diversões, passeios de trem e muito mais.

Neste post, selecionamos especialmente para você 8 passeios para fazer neste fim de semana gastando até R$ 50,00.

– Convide seus amigos para testar a mira em uma divertida partida de snooker no SP Diversão, um verdadeiro shopping da diversão.

Quanto: a partir de R$ 21,90 a hora, onde o valor pode ser dividido para até 4 jogadores – Veja o passeio completo no site

 

– Ria e se emocione com a peça Loucas por eles, no Teatro Fernando Torres.

Quanto: a partir de R$ 35,00 – Veja o passeio completo no site

– Se divertir é sempre um bom programa, então vá dar boas risadas no Stand Up Comedy, no Teatro Ruth Escobar.

Quanto: a partir de R$ 14,99 – Veja o passeio completo no site

 

4– Conheça a exposição do maior animador de todos os tempos. Visite a Exposição Silvio Santos vem aí no Museu da Imagem e do Som.

Quanto: a partir de R$ 12,00 – Veja o passeio completo no site

– Um incrível programa para as crianças, assistir no teatro O Grande Mágico de Oz. A peça está em cartaz no Teatro Ruth Escobar.

Quanto: a partir de R$ 14,90 – Veja o passeio completo no site

 

6– O Museu Catavento é uma das melhores atrações de São Paulo, com diversão garantida para toda a família!

Quanto: R$ 6,00 e aos sábados é gratuito – Veja o passeio completo no site

 

– Já imaginou fazer um passeio diferente? Convide seus amigos, sua família, faça uma viagem de Trem e conheça as atrações da cidade de Jundiaí.

Quanto: R$ 45,00 – Veja o passeio completo no site

8 – Já pensou juntar sua família toda, irmãos e primos para um campeonato de paintball? Então não perca mais tempo e conheça o Snipers Paintball!

Quanto: 1 hora de jogo R$ 40,00 – Veja o passeio completo no site

Agora você não tem mais desculpas, com nossas dicas e sugestões você vai curtir muito, gastando bem menos!

fim de semana

Nossas redes sociais:
Facebook/MeuFindi | Instagram@MeuFindi Twitter@MeuFindi

Faça como milhares de leitores do MeuFindi. Cadastre seu e-mail  e receba novos conteúdos em primeira mão!

6 passeios incríveis e baratos para fazer no Rio de Janeiro

Todo mundo sabe que o Rio de Janeiro é a cidade maravilhosa e que vai além de praias maravilhosas, bares boêmios e seus principais cartões postais.

Veja em nosso site todas as informações sobre museus, teatros, parques urbanos e de diversão, atrações históricas e culturais, e muito mais. Tudo isso em um único lugar com muitas dicas e descontos exclusivos.

Selecionamos para esse fim de semana especial, 6 passeios incríveis para todos os bolsos e gostos, e que custam até R$ 50,00.

– No Museu do Amanhã a exposição funciona aproximadamente como um game em 3D, em que você usa as próprias pernas para passar de uma fase à seguinte.

Quanto: R$ 20,00 – Veja o passeio completo no site

– Já imaginou em pleno Rio 40 graus você curtir o clima de uma pista de patinação no gelo no Boulevard One Ice?

Quanto: R$ 40,00 por 1 hora de patinação – Veja o passeio completo no site

 

– No Centro Cultural Banco do Brasil, a peça Fluxograma, conta os dramas de quatro personagens que vivem situações-limite e tornam-se reféns do fluxo de seus pensamentos.

Quanto: R$ 20,00 – Veja o passeio completo no site

 

– Leve as crianças para uma peça incrível: Era uma vez…Chapéuzinho uma história repleta de músicas e humor, no Teatro Miguel Falabella.

Quanto: R$ 50,00 – Veja o passeio completo no site

 

– Em um dia de sol, nada melhor que um passeio de bondinho pelo bairro de Santa Tereza e depois tomar aquela cerveja gelada nos botecos da Lapa.

Quanto: R$ 20,00 – Veja o passeio completo no site

6 – O que acha de curtir um dia cheio de aventura na praia, um passeio de Stand Up Paddle na Praia Vermelha?

Quanto: a partir de R$ 30,00 – Veja o passeio completo no site

Agora você não tem mais desculpas, com nossas dicas e sugestões você vai curtir muito e gastando bem menos!

Descubra em apenas 1 clique como aproveitar todos os fins de semana e feriados de 2017

>> Veja como funciona <<

Nossas redes sociais:
Facebook/MeuFindi | Instagram@MeuFindi Twitter@MeuFindi

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail receba novos conteúdos em primeira mão!

7 principais atrativos de Madureira o berço do samba no RJ

Quem mora no Rio de Janeiro (ou conhece bem a cidade) sabe que em Madureira existem programas quase que obrigatórios no fim de semana. Não por serem badalados ou algo do tipo, mas pelo fato de que oferecem diferentes pedacinhos do melhor da Cidade Maravilhosa. Confira nossa dica:

+ Roteiro Lapa-Santa Teresa para conhecer no Fim de Semana. 

Se você quer estender sua visita ao Rio até o subúrbio, Madureira, bairro localizado na zona norte da cidade, tem muitos atrativos. Além de ser o berço do samba, o bairro é também um grande polo comercial.

Mas não para por aí! Madureira vai além do Mercadão de Madureira e das escolas de samba Império Serrano e Portela. Madureira abriga um dos maiores parques do Rio, o Parque Madureira, com cerca de 93 mil m² – área equivalente a 14 campos do Maracanã, um dos maiores estádios do mundo.

Abriga também a Casa do Jongo, o baile charme no Viaduto de Madureira e a Feira das Yabás. Ou seja, o bairro democrático de Madureira proporciona muita cultura e diversão!

Parque Madureira

Passeio

Com cerca de 93 mil m², o parque é um dos maiores da cidade, com área equivalente a 14 campos do Maracanã. E o parque não é superlativo apenas em suas medidas, mas também nos itens e opções de lazer que oferece aos moradores da Zona Norte carioca.

Quadras de vôlei, basquete e futebol, além de um campo de grama sintética para partidas de futebol dividem o espaço com fontes, riachos, quiosques, pista de skate, pomar e brinquedos.

Ao todo são 800 árvores nativas, 50 palmeiras, além de flores e 31.500 metros quadrados de grama, tornando o espaço amplamente arborizado. Práticas sustentáveis, como o controle de resíduos sólidos, uso da água da chuva, captação e uso de energia solar e iluminação de baixo consumo fazem parte do dia a dia do parque.

O parque, que acompanha a linha férrea que corta o bairro, conta ainda com dois espaços culturais: a Arena Carioca, que receberá apresentações culturais, e a Praça do Samba, espaço dedicado ao gênero musical tão influente no bairro que conta com suas das mais antigas agremiações cariocas – Portela e Império Serrano.

Onde: Rua Soares Caldeira, 115 – Madureira

Funciona no fim de semana: sábados e domingos, das 5h às 22h.

Mercadão De Madureira – Um clássico da Zona Norte

Compras

Com mais de 100 anos, o mercado popular que começou como feira agrícola em 1914, e desde a década de 50 se estabeleceu como principal polo comercial da Zona Norte, recebeu recentemente o título de Patrimônio Cultural do Povo Carioca.

Nas mais de 580 lojas é possível garimpar de material escolar a brinquedos, doces, acessórios femininos, bebidas nacionais e importadas, temperos e ervas e itens afrodisíacos.

Onde: Avenida Ministro Edgard Romero, 239 – Madureira

Funciona no fim de semana:  sábados, das 7h às 19h e domingos, das 7h às 12h.

Império Serrano

Para Dançar

imperio

A escola de samba faz parte de Madureira e da lista do que você precisa explorar no bairro. A verde e branco de Madureira nasceu no final dos anos 1940 após uma dissidência entre os integrantes da escola Prazer da Serrinha, e desde então mantém a tradição que lhe é característica, especialmente pela estrutura democrática, implantada desde sua fundação.

É muito respeitada também pelos compositores que lançou, como Arlindo Cruz e Beto sem Braço, e por inovar ao ter Dona Yvone Lara como primeira mulher a fazer parte da ala de compositores de uma escola de samba.

Onde: Avenida Edgard Romero, 114 – Madureira

Portela

Para Dançar

Para Dançar

Uma das pioneiras no mundo do samba, nasceu com o nome de ‘Conjunto Oswaldo Cruz’, foi ‘Quem nos faz é o capricho’ e ‘Vai como pode’, até virar Portela. Suas cores são azul e branco e tem a águia como símbolo maior, sempre retratado em seus desfiles, e detém a marca imbatível de 21 títulos de campeã do Carnaval carioca.

Além da importância histórica, vale revelar seu espírito inovador, pois foi a primeira agremiação a apresentar um samba com fantasias adequadas ao tema, e a primeira apresentar uma comissão de frente. Entre os grandes nomes da Portela, Paulinho da Viola, Monarco e Tia Surica são figuras expressivas.

Onde: Rua Clara Nunes, 81 – Madureira

Casa do Jongo

Museus e Centros Culturais

Madureira

O jongo, também conhecido como caxambu, é uma dança de origem africana que influiu fortemente na formação do samba carioca e da cultura popular brasileira como um todo. Há cinquenta anos, o Grupo Cultural Jongo da Serrinha difunde e perpetua o gênero no bairro de Madureira, onde inaugurou recentemente sua nova sede, a Casa do Jongo.

O novo Centro de Cultura tem cerca de dois mil metros quadrados, localizado no pé do Morro da Serrinha, e tem o objetivo de criar uma atmosfera familiar, que preserve a memória do jongo e propague a arte e o desenvolvimento humano.

A casa possui salão para danças, estúdio musical, salas para cursos profissionalizantes, auditório, espaço para exposições permanentes, lojas, cine-clube, escola de artes multi-linguagem, ambiente para rezas e terreiro para jongo e capoeira.

O novo espaço reúne objetos contemporâneos e peças de casas comuns das décadas de 40, 50 e 60, em uma decoração alegre e colorida.

Onde: Rua Silas de Oliveira, 101 – Madureira

Funciona no fim de semana: sábados e domingos, das 9h às 17h

Baile Charme do Viaduto de Madureira

Para Dançar

evento

Um dos bailes mais antigos do Rio. Sempre com muito Charme e Hip Hop com os melhores DJs do cenário Black carioca. O ritmo charme ganhou o Rio de Janeiro nos anos 1990.

No início dividia espaço e atenção nos bailes de funk carioca, mas fincou sua bandeira e fez do Viaduto de Madureira seu ponto máximo de referência.

Com público cativo, os bailes que ali acontecem não são procurados só por quem quer ouvir o R&B e sua variações, mas também por exímios dançarinos que disputam espaço na pista de dança.

Onde: Rua Carvalho de Souza, s/n Espaço Cultural Rio Charme – Madureira

Funciona no fim de semana: sábados, às 22h

Feira das Yabás

show

A cada segundo domingo do mês o bairro de Oswaldo Cruz, contíguo a Madureira, recebe grande público, sedento pela boa mesa e boa música.

O ponto de encontro que não faz distinção entre os vindos da zona norte ou da zona sul, é o recanto das Yabás, ou Tias, que oferecem ali as comidas tipicamente brasileiras, com um toque africano.

Ao todo são 16 barracas, cada uma delas com sua especialidade. Rabada, mocotó, abóbora com camarão e a onipresente feijoada são algumas das opções. Para completar, cerveja gelada e uma grande atração musical a cada edição.

Onde: Praça Paulo da Portela, s/n – Oswaldo Cruz

Funciona no fim de semana: todo segundo domingo do mês, 13h

Continuaremos com muitas dicas sobre o Rio de Janeiro nos próximos posts.
Siga, acompanhe, curta e compartilhe!!!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br/
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Roteiro Zona Portuária (RJ) tour histórico-cultural pela Região do Porto

Roteiro Zona Portuária (RJ): tour histórico-cultural pela região do Porto no Rio de Janeiro é lugares obrigatórios para conhecer na mais celebrada metrópole brasileira! Neste post o MeuFindi vai lhe dar o caminho das pedras para conhecer essa preciosa joia no fim de semana. É somente um menu-degustação, pois vale a pena, retornar o mais breve possível.

Conheça 9 obras incríveis de Oscar Niemeyer no Rio e em Niterói

A Região Portuária viveu seu apogeu e declínio em pouco mais de um século. De aldeia de pescadores a principal porto do país, a área foi também porta de entrada e moradia dos escravos, dando à região a alcunha de “Pequena África”, tamanho o número de negros que ali habitavam. A partir de 2010, com o início das obras do projeto Porto Maravilha, que revitaliza a área urbana enquanto preserva a história desta região, vários pontos históricos foram redescobertos.

Dos Jardins do Valongo ao Cais da Imperatriz, passando por projetos modernos como o Museu de Arte do Rio e o novo Museu do Amanhã, o projeto desenvolveu o potencial turístico e econômico da região, formando um legado para as futuras gerações. Nesse contexto, selecionamos alguns pontos de interesse turístico da Região Portuária carioca, formando um grande roteiro histórico e cultural desta importante região da cidade. Confira:

Pier Mauá

Roteiro
Fonte: visit.rio

O Porto do Rio de Janeiro é onde ficam ancorados os navios de carga e os cruzeiros, que aportam em seus 1050 metros de extensão. Seus armazéns também recebem festas, shows e grandes eventos do calendário oficial da cidade, como a Feira de Arte Internacional ArtRio, o Festival do Rio e  a Semana de Moda. Abriga ainda um dos postos de informações turísticas da cidade.

Onde: Avenida Rodrigues Alves, 10 – Centro

Praça Mauá

Praça Mauá
Fonte: visit.rio

Marca o início da Avenida Rio Branco e também da Região Portuária. A partir de 1910, com a inauguração do Porto do Rio, foi um importante ponto de recepção dos navios que traziam mercadorias e turistas à cidade.

No entorno da praça há importantes construções, como o Museu de Arte do Rio (MAR) e o Museu do Amanhã, além do edifício A Noite, primeiro arranha-céu da cidade, construído em 1930. No centro da praça está a estátua do Barão de Mauá, Irineu Evangelista de Souza, grande empresário do tempo do Império.

Onde: Praça Mauá – Centro

Museu de Arte do Rio – MAR

Museu de Arte do Rio - MAR
Fonte: visit.rio

Inaugurado em março de 2013, o MAR está instalado em duas construções com estilos heterogêneos, porém interligados. O antigo palacete de D. João VI se une à uma edificação modernista.

O primeiro prédio abriga as salas de exposições, que recebem mostras nacionais  e internacionais, de assuntos do passado e do momento presente. Já no segundo, funciona a Escola do Olhar, que desenvolve programas acadêmicos sobre arte, cultura e educação.

Onde: Praça Mauá, 5 – Centro

Museu do Amanhã

Museu do Amanhã
Fonte: visit.rio

Perguntas como “de onde viemos?” e “para onde vamos?” permeiam o imaginário da população mundial e são comuns a todos os povos. Pensando nessas questões, e em tantas outras, o visionário projeto do Museu do Amanhã tomou forma e se torna, então, um amplo espaço de debate e estudo sobre o impacto de nossas ações e como podemos alterar o cenário decadente que se avizinha.

Instituições renomadas mundialmente, como o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussets), o Google e a NASA, fazem sua parte do esforço coletivo de estudo de como os indivíduos podem transformar nosso destino na Terra. A proposta do Museu do Amanhã é pioneira em todo o mundo: não há sequer um espaço similar onde atividades culturais e de pesquisa tenham essa proposta de estudo do nosso amanhã.

Onde: Praça Mauá, 1 – Centro

Orla Conde

Orla Conde
Fonte: visit.rio

A Orla da Guanabara Prefeito Luiz Paulo Conde, na Região Portuária, é um passeio público com 3,5km de extensão, que liga o Armazém 8 do Cais do Porto à Praça da Misericórdia, onde está instalado o Museu Histórico Nacional. Passear pela Orla Conde é um convite ao relaxamento e contemplação, dando aos visitantes a oportunidade de enxergar um novo ângulo da cidade.

Mosteiro de São Bento

Mosteiro de São Bento
Fonte: visit.rio

Fundado em 1590 por monges vindos da Bahia, o Mosteiro Beneditino do Rio de Janeiro foi construído a pedido dos próprios habitantes da recém-fundada cidade de São Sebastião. Em pleno centro da grande metrópole, conserva-se como um lugar de silêncio e oração. A visita é restrita à Igreja Nossa Senhora de Montserrat, anexa ao Mosteiro.

Detalhes como o portão em ferro art nouveau e os altares em jacarandá cobertos por ouro são impressionantes. De segunda a sexta, às 7h15, são realizadas missas solenes com canto gregoriano, que também acontecem aos sábados, às 8h, e aos domingos, às 10h.

Onde: Rua Dom Gerardo, 40 – Centro

Pedra do Sal

Foto: Alexandre Macieira | Riotur
Fonte: visit.rio

A Pedra do Sal, no Morro da Conceição, faz parte da região conhecida historicamente por Pequena África, que se estendia do entorno da Praça Mauá até a Cidade Nova. Nas festas nas casas de escravos e forrós tocava-se o choro com flauta, cavaquinho e violão. No quintal, acontecia o samba rural, batido na palma da mão, no pandeiro, no prato-e-faca; e dançado com sapateados, peneiradas e umbigadas. Foi ali que nasceu o samba urbano carioca, que surgiram sambistas populares e antigos ranchos carnavalescos.

Hoje a Pedra do Sal é palco de animadas rodas de samba do grupo Roda de Pedra. O local possui simpáticos casarios coloridos, ladeados por uma escadaria e a histórica ladeira de pedra. A festa atrai turistas e jovens de vários bairros da cidade. No Dia Nacional do Samba, 2 de dezembro, integrantes do quilombo da Pedra do Sal celebram a lavagem da Pedra. Quem põe a mão na massa são grupos de candomblé e membros do bloco carnavalesco Afoxé Filhos de Gandhi. Há rodas de samba, de capoeira, culinária temática, exibição de filmes e palestras.

Onde: Rua Argemiro Bulcão, – Saúde

Igreja de São Francisco da Prainha

Igreja de São Francisco da Prainha
Fonte: portomaravilha

Construída e doada à Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência, em 1704; foi reedificada em 1740 após o local ser destruído durante um incêndio causado pela invasão francesa chefiada por Jean-François Duclerc.

Considerada uma das principais obras no estilo barroco jesuítico, a igreja ficou fechada por 10 anos devido a problemas de conservação e foi reaberta em 2014 para visitação.

Onde: Rua Sacadura Cabral – Adro da Prainha – Saúde

Jardim Suspenso do Valongo

Jardim Suspenso do Valongo
Fonte: visit.rio

Construído no início do século XX, o espaço foi projetado pelo arquiteto-paisagista Luis Rey e inaugurado em 1906. Construído nos moldes dos parques franceses do século XIX, retornou aos padrões originais após a obra realizada nos últimos anos. Réplicas das estátuas dos Deuses Minerva, Marte, Ceres e Mercúrio, que antes adornavam o Cais da Imperatriz, estão expostas no jardim.

Onde: Rua Camerino, s/n – Centro

Cais Valongo e da Imperatriz

Foto: Alexandre Macieira | Riotur
Fonte: visit.rio

Redescoberto debaixo de toneladas de terra durante as obras de reurbanização do Porto Maravilha, o local, construído em 1811 por determinação do Marquês de Lavradio, era o porto onde desembarcavam os navios negreiros e que, depois, foi remodelado para receber a Imperatriz Teresa Cristina, noiva do futuro Imperador D. Pedro II, em 1843.

Onde: Avenida Barão de Tefé, 91 – Saúde

Centro Cultural José Bonifácio

Centro Cultural José Bonifácio
Fonte: visit.rio

O palacete centenário foi fundado em 1876 por D. Pedro II e sediou a primeira escola pública da América Latina. Desativado em 1977, deu lugar à Biblioteca Popular Municipal da Gamboa.

Após restauro, a edificação reabriu como Centro Cultural José Bonifácio, com o intuito de preservar a cultura afro-brasileira no país.

Onde: Rua Pedro Ernesto, 80 – Gamboa

Fortaleza da Conceição

fortaleza

Erguida em 1713 no alto do Morro da Conceição devido à posição privilegiada em um ponto alto da cidade próximo à Baía de Guanabara. Cinco anos após a inauguração já dispunha do terceiro maior poderio bélico da região.

Com a atual renovação da região portuária da cidade, contígua ao centro, tornou a atrair grande público interessado em sua história, com destaque para a capela e para as masmorras onde líderes da Inconfiência Mineira ficaram presos. A vista descortinada da Baía da Guanabara e do Cais do Porto são outras grandes atrações.

Onde: Rua Major Daemon, 81 – Saúde

Casa da Tia Ciata

Hilária Batista da Silva, conhecida como Tia Ciata, cozinheira e mãe de santo nascida na Bahia, é uma das figuras mais influentes da cultura negra carioca do início do século XX. Realizava encontros entre os músicos e religiosos filhos de santo, e nessas seções a música dava o tom. Músicos importantes como Donga e Pixinguinha eram frequentadores assíduos das rodas, e especula-se que ‘Pelo Telefone’, primeiro samba gravado em disco, foi escrito em um desses encontros.

O Mictório Público é a Casa da Tia Ciata, escritório da Organização dos Remanescentes da Tia Ciata (ORTC) e espaço cultural para manter viva a memória da dama do samba. Uma exposição permanente sobre a veterana do samba é a principal atração do espaço.

Onde: Rua Camerino, 5 – Centro

Centro Cultural Pequena África

Centro Cultural Pequena África

Instalado na Casa da Guarda, no Jardim Suspenso do Valongo, o espaço tem como objetivo principal  resgatar e preservar os valores culturais da antiga Pequena África, região que hoje abriga os bairros da Saúde, Gamboa, Santo Cristo e parte do Centro, primeira morada dos africanos e seus descendentes que chegaram ao Rio de Janeiro.

Nesta área, hoje se encontram  comunidades remanescentes de quilombos da Pedra do Sal e Santo Cristo. O espaço realiza encontros periódicos, com rodas de samba, atividades culturais e debates, em um processo de resgate para a valorização da história e da cultura do Rio de Janeiro e do Brasil.

Onde: Rua Camerino, 5 – Centro

Fonte: visit.rio

Continuaremos com muitas dicas sobre o Rio de Janeiro nos próximos posts.
Siga, acompanhe, curta e compartilhe!!!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br/
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!