Queimaduras do sol

Infelizmente, por mais que todos tenham conciência do uso do protetor solar, e dos perigos do sol em excesso, é muito comum durante o verão as pessoas exagerarem um pouco ao sol e terem algumas queimaduras. Quando a queimadura é grave, procure um médico, mas se a queimadura for leve é importante minimizar seus efeitos.

No banho é quando começamos a sentir o efeito do pouco cuidado que foi dado a sua pele durante o dia, ardência e vermelhidão. Para minimizar a dica é fazer compressas de água fria para refrescar, também é importante manter a pele hidratada, exitem alguns produtos nas farmácias que ajudam no processo e claro para hidratar beba muito líquido.

Pode usar um analgésico tópico para aplicar na pele ou tomar um que a pessoa já faz uso, isto irá aliviar as dores e o desconforto. Infelizmente é o que pode ser feito e aguardar a pele se regenerar e, nada de exposição solar enquanto sua pele estiver vermelha.

Lembre-se que estas recomendações são somente para queimaduras leves, se a pessoa apresentar, bolhas, náuseas, febres, calafrios, e dores que não passam mesmo com o uso de analgésicos, procure urgente um médico, pode ser caso de insolação, queimaduras de terceiro grau, e só o médico poderá fazer o diagnóstico.

A dica é aquela que você já esta cansado de ouvir, mas as vezes esquece. Na praia use protetor solar a cada 2 horas, chapéu e beba muita água para hidratar e se for passar o dia todo, leve um guarda sol para se abrigar do sol entre 11 e 16 horas. Com estes cuidados simples todos terão um fim de semana maravilhoso, para aproveitar sem medo o sol, o mar, a brisa e relaxar.

Curta seu fim de semana e os benefícios do sol!