Guia completo para curtir e amar Paraty no fim de semana

As vezes, tudo o que a gente precisa é fugir para uma praia no fim de semana e encontrar um lugar calmo que nos passe tranquilidade, não é? Visitar cachoeiras, fazer trilhas e conhecer lugares novos são algumas das inúmeras atividades que só Paraty pode proporcionar.

+ Veja também: Teatro | Depois do Amor revela uma Marilyn ainda mais fascinante

Fundada em 1667, a 232 km da cidade do Rio de Janeiro, Paraty é um exemplo de preservação e riqueza da arquitetura colonial e seu centro histórico é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Espremida entre o mar e a montanha, ainda conserva o casario típico daquela época no Centro Histórico, formado por preservados casarões coloniais, igrejas dos séculos XVIII e XIX e ruas calçadas pelos escravos em pedras pés-de-moleque, onde o tráfego de automóveis é proibido.

Mas, ao circular pelas ruelas do Centro Histórico, o turista tem uma grata surpresa. Charmosas pousadas, bares animados e restaurantes comandados por chefs renomados aliam a tradição ao que há de melhor em termos de turismo. É lá que acontecem a FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty e o Festival da Pinga, eventos mais conhecidos da cidade.

Mas Paraty não vive só de história: localizada em uma baía com mar azul e límpido, a cidade é cercada por aproximadamente 50 praias e 65 ilhas – algumas ainda sem urbanização e com vilas de pescadores.

Para os mais aventureiros, há passeios de barco e ótimos locais para mergulho nas ilhas vizinhas. Na estrada Paraty-Cunha se encontram piscinas naturais perfeitas para banho formadas por lindas quedas d´água, como as da Pedra Branca e Tobogã. Já a vila de Trindade atrai os jovens com suas praias selvagens e acessíveis por trilhas, como a do Sono e do Cachadaço.

Como chegar: partindo do Rio de Janeiro – Seguir pela BR-101 (Rodovia Rio-Santos). São aproximadamente 232 km que podem ser feitos em 3 horas.

Partindo de São Paulo – a capital fica a 330km de Paraty.

Há varias opções, mas as melhores são: Pela Rodovia Ayrton Senna, seguindo Rodovia Carvalho Pinto, depois Rodovia dos Tamoios até a BR-101 (Rodovia Rio-Santos). Em Caraguatatuba seguir sentido Ubatuba e depois Paraty. São cerca de 285 Km. Pela Rodovia Ayrton Senna, seguindo Rodovia Carvalho Pinto até Taubaté e pegar a Osvaldo Cruz até a BR-101 (Rodovia Rio-Santos) até Ubatuba e então seguir para Paraty. Total de 293 Km. 

Como chegar:

O que fazer em Paraty

Paraty-RJ

Como a cidade fica entre a Serra do mar e o litoral, existem opções para todos os gostos. Você pode explorar as praias, fazer passeios de escuna, caminhar por trilhas históricas e tomar banho em uma das várias cachoeiras que ficam próximas a cidade.

Além disso, o centro histórico, que tem casas de mais de 100 anos tombadas pelo patrimônio histórico, oferece aos turistas muitos restaurantes e lojas que vendem artesanato e produtos típicos, como a cachaça.

Praias em destaque

Praia_Vermelha_Paraty_190708_1

Praia do Jabaquara: é uma praia urbana próxima ao centro, tem vários quiosques e fica próxima do forte, situado em cima do morro do lado direito da praia.

Parati Mirim: é uma vila de pescadores com praia de águas calmas cortada por um rio, próximo tem uma aldeia indígena que pode ser visitada.

Praia do Engenho: pequena e bela praia que só é possível conhecer de barco. Conta com algumas casas de pescadores e não tem bar.

Saco do Mamanguá: braço de mar que entra no continente por 8 km, tem manguezais e unidades de conservação com matas protegidas. É possível chegar de barco saindo de Parati Mirim.

Pouso da Cajaíba: vila que tem algumas praias como a do Pouso, Ipanema, Grande e Itaoca. Todas elas são bonitas. Na Praia do Pouso há camping e casas para alugar além de barzinhos. As praias são ligadas por trilhas e o acesso é feita por barco.

Praia Vermelha: perfeita para relaxar, tem areia fofa e mar transparente. É pequena e muito bela e conta com infra estrutura de bares e restaurantes. Fica no roteiro dos passeios de escuna e só é possível conhecer de barco.

Praia do Sono: é uma praia muito bonita e deserta, tem algumas casas de pescadores onde se encontram campings e barzinhos bem simples. Para chegar nela se pega uma trilha de 1 hora de caminhada, perto do condomínio Laranjeiras (próxima também a Trindade).

Antigos e Antiguinhos: são praias pequenas e desertas muito bonitas. É possível conhecê-las de barco ou a pé, por uma trilha de meia hora a partir da Praia do Sono.

Praia de Jumirim: é uma linda praia próxima a Paraty, só se chega nela de barco. Fica na rota da maioria dos passeios de barco, tem apenas uma casa e águas calmas e claras.

Praia da Lula: tem areias claras e mar calminho de águas cristalinas. Boa para banhos, tem canto de pedras indicado para a prática de snorkeling.

Praia Grande da Deserta: boa para banho, tem águas cristalinas e areias fofas.

Principais Cachoeiras

cachoeira_da_pedra_branca_3

Pedra Branca: são varias quedas d’água que formam poços para banho. O local fica dentro de uma propriedade particular e chega-se pela estrada para a Fazenda Murycana (acesso pelo km 4,5 da estrada para Cunha).

Poço das Andorinhas: poço profundo, com piscinas naturais boas para banho. Deve-se tomar a estrada para Corisco – acesso pelo km 576 da Rodovia Rio-Santos para Ubatuba.

Tobogã: mais visitada e divertida cachoeira da região. Por uma lage de pedra inclinada escorre a água, formando um tobogã natural que termina em um poço. Chega-se lá pela estrada para Cunha a 8 km de Paraty.

Poço da Jamaica: é uma piscina natural formada entre as pedras do Rio Perequê-Açú, com uma pequena e refrescante ducha. É um local tranquilo e pouco conhecido, ideal para descansar e apreciar a beleza da mata que margeia o rio.

Dicas de Passeios

Passeios de escuna e barcos: De grandes escunas a pequenas traineiras, passando pelos veleiros e lanchas, há muitas opções para curtir o mar de Paraty. Mergulho e pescaria são atividades também muito praticadas pelos turistas.

Alambiques de cachaça artesanal: A importância da cachaça paratiense no século XVIII foi tão grande que  nome da cidade virou sinônimo da bebida. Paraty já teve mais de 100 alambiques, mas hoje conta com 7 em funcionamento.

Caminho do Ouro: a Estrada Real ou Caminho do Ouro em Paraty, construída pelos escravos, entre os séculos XVII e XIX, ligava Minas Gerais a Paraty, por onde descia o ouro dos portugueses. A visitação só é permitida com guias autorizados, pois atravessa propriedades particulares.

Fazenda Murycana: situada ao pé da Serra da Bocaina, funciona como engenho de aguardente. No passado foi casa de farinha e cafezal, entreposto de comercialização no ciclo do café, do ouro, do açúcar mascavo e aguardente e de mão-de-obra escrava. Peças em exposição na fazenda constatam as atividades comerciais passadas.

Igreja Santa Rita: é o cartão postal da cidade e fica em frente ao píer de onde saem os barcos e escunas para os passeios. Ao seu lado direito tem uma praça com canhões antigos.

Igreja Nossa Senhora dos Remédios: é a igreja matriz da cidade e tem uma grande praça ao lado.

Igreja Nossa Senhora das Dores: Pequena igreja próxima ao rio e de frente para o mar.

Fonte: site Paraty | Visit Brasil

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br/
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Búzios | Mais de 20 praias e as melhores dicas para curtir no Fim de Semana

Um dos destinos favoritos dos cariocas, que curtem uma estrada no fim de semana. Apenas 165km de distância separam o Rio de um dos mais conhecidos balneários do Brasil: Armação dos Búzios – ou apenas Búzios, para os íntimos. Seu nome deriva de um tipo de concha encontrada em grande quantidade nas suas areias.

Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

+ Veja também: 15 motivos para curtir Visconde de Mauá no Rio de Janeiro

A península de 8 km rodeada de ilhas e praias conquistou o status de cidade em 1995, mas a fama mundial chegou bem antes disso, quando ainda era apenas um distrito de Cabo Frio. A simples colônia de pescadores nunca mais foi a mesma depois da visita da atriz francesa Brigitte Bardot, em 1964, chamando a atenção do mundo inteiro para as praias paradisíacas de lá.

parque

A paixão foi recíproca e a musa do cinema europeu batiza não só o cinema da cidade como também o calçadão litorâneo, o Calçadão da Orla Bardot, com deques de madeira e chão em pedra, na Praia da Armação, onde há uma estátua de bronze em tamanho natural da sua mais famosa garota propaganda.

Como chegar: saindo do Rio de Janeiro – aproximadamente 2 horas de viagem. Após passar pela ponte Rio-Niterói pegar à esquerda no sentido Rio Bonito. Pouco depois de Rio Bonito, pegar à direita a Via Lagos no sentido de Araruama/Cabo Frio (Região dos Lagos).

Ao acabar a Via Lagos, continuar por 5 km. até o viaduto à esquerda que indica Búzios, Macaé e Rio das Ostras na entrada de São Pedro da Aldeia. Pegar então a RJ-106 em direção a Macaé/Búzios. Após 14 km, entrar à direita seguir por uns 10 minutos até Búzios.
Como chegar:

O que fazer em Armação de Búzios

O ponto alto da vila é a tradicional Rua das Pedras. Há bares para todos os gostos e restaurantes sofisticados, lojas elegantes e até um cinema com o nome da famosa atriz francesa.

Entre as principais praias estão as Praias de Geribá, da Ferradura, da Armação, Azeda, João Fernandes, entre outras.

Essa charmosa cidade oferece mais de 200 hotéis e pousadas. E toda essa infraestrutura é cuidada para que combine harmoniosamente com o despojamento de suas praias.

Praias

praias

Na península que mais parece uma ilha, as praias são as estrelas principais. São 23 praias ao todo, cada um com seu charme e estilo próprios.

Praias em Destaque

Praia de Geribá: Praia movimentada e boa para a prática do surf. Na alta estação e nos feriados a badalação vai até a noite. 

Praia Azeda: Com mar calmo de cor azul e cercada por morros, é uma das praias mais bonitas da região. O acesso se faz a pé através de uma escadaria de madeira que começa no canto direito da Praia dos Ossos. Tem extensão de 25 metros. 

Praia Azedinha: Fica no canto direito da Praia Azeda e tem apenas 50 metros de comprimento. Mais sossegada e com águas calmas, é uma das preferidas das famílias com crianças. 

Praia da Ferradura: Praia de mar calmo com boa infraestrutura. Há barracas, tendas de massagem, passeios de lancha etc. 

Praia de João Fernandes: Agitada e com vários bons restaurantes é a preferida dos argentinos que chegam aos bandos no verão. Suas águas são propícias à prática de snorkeling. Pode-se também alugar caiaque.

Para relaxar ou curtir em Búzios

A cidade é rodeada de praias por quase todos os lados e não por acaso, um dos passeios mais procurados é o de barco! Assim, é possível conhecer boa parte das praias e escolher as preferidas para voltar nos demais dias. Ainda no mar, pode-se praticar desde mergulho a esportes à vela, aproveitando os bons ventos que sopram na região.

Em terra firme, há desde programas sofisticados, como conhecer o campo de golf de Búzios, passeios rumo aos mirantes naturais e Rua das Pedras. Para os amantes do ecoturismo, caminhadas, pedaladas e passeios revelam lindos visuais. E ainda tem a pista de skate de Geribá.

Diversão não falta, mas se você prefere ficar de pernas para o ar em uma espreguiçadeira na praia ou na piscina, deite e role sem culpa!

Veja as principais atividades e atrações em Búzios 

No mar

Vela | Passeio de barco | Mergulho | Kitesurf | Caiaque | Surf | Esportes náuticos motorizados | Stand Up Paddle | Pesca.

Em Terra Firme

Rua das Pedras e Orla Bardot | Búzios Golf Club | Gran Cine Bardot | Ecoturismo | Compras e Artes | Mirantes | Porto da Barra | Massagem | Tênis, Paddle e Squash | Quatro rodas | Pônei Clube do Brasil | Bike | Trilhas | Mangue de Pedras | Igrejas | Ponta da Lagoinha | Skate | Radical Parque | Malhação | Natação | Rafting e outras aventuras.

No Ar

Voo de helicóptero | Voo Livre

Fonte: site Prefeitura de Búzios | Búzios Online.

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br/
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Você gostou dessa dica de passeio?
Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

Arraial do Cabo (RJ) é o destino perfeito para o Fim de Semana

Arraial do Cabo, costuma ser um dos destinos preferidos de fim de semana dos cariocas, com praias únicas, onde algumas delas disputam as primeiras posições de praias mais bonitas do Brasil.

Guia para curtir Rio das Ostras (RJ) com a família no Fim de Semana.

Segundo o Museu da Marinha, em Arraial do Cabo repousa, no fundo do mar, o maior número de galeões, caravelas e fragatas portuguesas, francesas, holandesas, inglesas e até mesmo brasileiras, da nossa costa.

A pequena cidade com ar de vila de pescadores oferece aos visitantes belas praias de areia branca e água translúcida, ótimos pontos de mergulho com rica vida marinha e a pesca artesanal da anchova.

Cercada por morros, apresenta dunas de areia branca, restingas, lagoas, praias limpas e bonitos costões, como o Pontal do Atalaia. As Prainhas do Pontal estão entre as mais bonitas do litoral brasileiro e os morros que as cercam reservam uma vista incrível da região.

O mar frio dessa região permite muita riqueza marinha nas águas. Não é à toa que Arraial é considerada a Capital do Mergulho.

Um dos principais pontos de mergulho da cidade é a Praia do Forno, cercada por mata, o que ajuda a preservar e proteger a sua enseada. Para chegar até lá é preciso fazer uma trilha a partir do píer da Praia dos Anjos. O esforço é recompensado com um banho revigorante em suas águas esverdeadas.

Os passeios de barco podem ser uma agradável maneira de conhecer toda a costa de Arraial. Alguns saem do cais da Praia dos Anjos em direção ao Pontal do Atalaia, com paradas nas Prainhas, na Ilha de Cabo Frio, na praia do Farol e na Gruta Azul. Se você der sorte, pode ver golfinhos durante o passeio.

Como chegar: Passando pela Ponte Rio – Niterói, pegar a saída mais a esquerda (direção Rio Bonito), seguindo pela Rio-Manilha por 25 km, depois seguir pela BR-101 por 36 km até Rio Bonito, pegar a Via Lagos (com pedágio), em direção a Região dos Lagos. Na Via Lagos percorre mais 68 km, até São Pedro da Aldeia, depois mais 13 km até Cabo Frio, e no trevo de São Cristóvão, ao final da Avenida América Central, entrar na RJ-140, que liga Cabo Frio a Arraial do Cabo a 10 km.

Distancias: 165km da cidade do Rio de Janeiro, 560km de São Paulo e 550km de Belo Horizonte.
Como chegar:

Dica MeuFindi das principais atrações da cidade

O que fazer em Arraial do Cabo

A maior dúvida de quem visita Arraial do Cabo é qual praia escolher para passar o dia. O maior problema será escolher entre deitar na areia diante daquele mar cheio de cores, fazer um passeio de barco ou um mergulho incrível. Arraial é para relaxar e ser feliz!

Praias

Entre as praias de Arraial do Cabo está a do Farol, considerada uma das mais bonitas do Brasil. Nos arredores do Centro, o turista encontra ainda a paradisíaca praia do Pontal do Atalaia e a movimentada Prainha, além de Brava e Grande, as preferidas dos surfistas.

Praia do Farol

Arraial do Cabo

Considerada uma das praias mais bonitas do Brasil, fica na Ilha de Cabo Frio e é acessível somente por barco. A viagem dura 40 minutos e, para desembarcar por ali é preciso autorização da Marinha, obtida em Arraial. Cercada por pequenas dunas, é indicada para mergulho e pesca.

Praia do Forno

ilha

Localizada em uma enseada, a praia do Forno é acessível somente por barco ou trilha íngreme. Além da mata preservada, das águas claras e dos corais, abriga ainda um restaurante flutuante especializado em ostras e mariscos. Fica a 1,5km do Centro.

Praia do Pontal

arraial-do-cabo-prainhas

Com 700 metros de extensão, a praia do Pontal é emoldurada por vegetação de restinga e pequenas dunas. Com mar calmo, é procurada para a prática do mergulho e pesca de arrastão.

Praia do Anjos

praia_dos_anjos

É o ponto de partida dos barcos de passeio e de pesca.

Praia Grande

Praia-Grande-Arraial

Oceânica, a praia tem ondas fortes que atraem surfistas, sendo cenário de campeonatos de surf. No canto esquerdo é urbanizada e com quiosques, reunindo adeptos de esportes náuticos. A moldura é formada por dunas de areia branca e muito fina, cobertas por vegetação costeira. Fica a 3km do Centro.

Prainha

Prainha-Arraial-do-Cabo

Uma das mais frequentadas e centrais da região, Prainha é urbanizada, tem quiosques e águas mansas. Uma trilha conduz à praia da Graçainha, com apenas 15 metros. Nos arredores fica o Saco do Cherne, ponto para a prática do mergulho.

Prainha do Pontal

ilha1

É dividida em 2, separadas por rochas. Para chegar as águas calmas, transparentes e perfeitas para banhos, é preciso descer uma trilha que sai do morro do Atalaia. A vista é encantadora, descortinando a Ilha do Farol.

Praia Brava

ilha2

Preferida dos surfistas, a praia brava tem ondas fortes e não é indicada para banhos. O acesso é feito a pé, pelo morro do Atalaia.

Pontos turísticos

Casa de Piedra

Atualmente propriedade particular, ocupa o lugar da feitoria que deu origem à cidade de Arraial do Cabo.

Casa da Poesia

Casa do poeta Victorino Carriço, hoje é centro cultural onde há encontros de poetas e saraus.

Centro Cultural Manoel Camargo

Uma das três instituições de museologia da cidade conta a história cabista com painéis e peças, além da menção dos homens que foram importante para a cidade.

Farol Velho

Inaugurado em 1833, suas ruínas estão localizadas no topo da ilha do Farol. Para visitá-lo, é necessário obter autorização da Marinha para realizar a trilha que leva até o farol e alugar uma embarcação que leve os visitantes até a ilha.

Igreja de Nossa Senhora dos Remédios

Erguida em 1506 pelos portugueses, a igreja está entre as primeiras edificações do país. Singela, fica em uma elevação debruçada sobre a praia dos Anjos.

Mergulho

Arraial do Cabo abriga uma diversificada vida marinha – são tartarugas, meros, lulas, lagostas, arraias e até golfinhos que vivem em harmonia nas ilhas do Farol e dos Porcos, nos sacos do Cherne e do Cordeiro, na praia do Forno, na Ponta d’Água e na Gruta Azul. Quem agradece são os mergulhadores, que lá encontram os melhores pontos do país para praticar o esporte além das águas transparentes.

Museu Oceanográfico Almirante Paulo Moreira

Possui esqueletos de animais marinhos, peças de naufrágios que ocorreram na região e aquários com animais vivos.

Passeio de Barco

Os passeios duram quatro horas e descortinam as mais belas paisagens de Arraial do Cabo. O roteiro inclui paradas no Pontal do Atalaia (Prainhas) e Ilha do Farol, passando pela Gruta Azul, uma salão de 30 metros de extensão e 15 de altura – o nome vem dos efeitos causados pelas paredes internas, que têm tons dourado e prateado e que se tornam azuis de acordo com a incidência de luz. As embarcações partem da praia dos Anjos.

Pontal do Atalaia

Programa preferido dos casais, assistir ao pôr-do-sol no Pontal do Atalaia é imperdível, um dos poucos lugares do Brasil onde o Sol põe-se no mar. As pedras ficam a 180 metros de altitude, descortinando vista panorâmica.

Ruínas da Bataria e do Telégrafo: fundações da Bataria da Paia dos Anjos no cume do Morro da Fortaleza e vista panorâmica da cidade.

Fonte: site Prefeitura de Arraial do Cabo | Arraial do Cabo Online.

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br/
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

15 motivos para curtir Visconde de Mauá no Rio de Janeiro

Geralmente associamos o Rio de Janeiro com belíssimas praias e nem imaginamos a riqueza das incríveis cidades do interior, ideais para curtir Visconde de Mauá no fim de semana.

Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

+ Veja também: Guia Fácil: para curtir o inverno em Teresópolis (RJ) antes que ele vá embora.

E o melhor é que algumas são bem próximas a São Paulo, cerca de 3 horas da capital paulista e perfeitas para passar o dia ou o final de semana. Com muito charme, natureza abundante e aventuras Visconde de Mauá vai te conquistar. Se você gostou da ideia, confira nossa dica para fazer bate a volta partindo de SP ou do Rio de Janeiro:

Visconde de Mauá

Composta por parte de 2 estados, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e 3 municípios, Resende, Itatiaia e Bocaina de Minas, a região tem como pano de fundo a Pedra Selada (visível da Dutra) e pelo Pico das Agulhas Negras (que faz parte do Parque Nacional do Itatiaia). Para facilitar a localização, a região foi dividida em três vilas:  a Vila de Visconde de Mauá, a Vila de Maringá e a Vila de Maromba.

Vila Visconde de Mauá

1ª vila da região, clima ameno, qualidade do ar e da água, população hospitaleira e exuberante fazem da Vila de Visconde de Mauá um lugar muito especial. A igreja, a praça, o campo de futebol e o posto de informações turísticas, não são os principais pontos de Mauá.

A vila tem vários atrativos, entre eles está à deliciosa Cachoeira da Usininha, um lugar magnífico, perfeito para você curtir com sua família. Tem também a famosa Prainha, um lugar super lindo, onde você pode ler um bom livro, fazer um piquenique e curtir bastante, a Aldeia dos imigrantes ponto super especial da Vila, lá você vai encontrar lojinhas, casa de chocolate e muito mais.

A Vila de Visconde de Mauá também concentra boa parte dos serviços úteis à população e ao visitante: agência dos Correios, farmácia, mercados, lojas de material de construção, posto da brigada contra incêndios entre outros. Na Vila está localizado o Centro Cultural da Região e nela é realizada a Feira de produtos orgânicos, todos cultivados por moradores.

Vila de Maringá

Situada nos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, a Vila de Maringá é cortada pelo Rio Preto e reúne sofisticação e simplicidade. A localidade possui hotéis, pousadas, lojas de artesanato, bares e restaurantes, além da Alameda Gastronômica Tia Sôfia, um boulevar que atrai os amantes de um bom vinho ou chocolate quente.

Vila de Maromba

Local de passagem para algumas cachoeiras, a Vila de Maromba ainda preserva a atmosfera do movimento hippie presente na região durante a década de 70 e reúne opções de artesanato, restaurantes e pousadas.  Nas noites mais frias, a fogueira da praça é um local de encontro de pessoas para se aquecer e trocar conversas.

Arredores

A Região tem em seus arredores um conjunto de Vales e Vilas que despertam sensações incomparáveis de paz e tranquilidade emolduradas pela grandeza da serra e do verde das matas. As vilas bucólicas, com suas praças, igrejas e casarios antigos são verdadeiros cenários da vida rural. E em cada canto de toda essa paisagem, cortada por rios cristalinos, encontram-se cachoeiras e quedas d’água de triar o folego.

Como chegar: Visconde de Mauá está a 300km de São Paulo e 200km do Rio de Janeiro. De carro: Acesso pela Rodovia Presidente Dutra, entre os municípios de Itatiaia e Resende, no Estado do Rio de Janeiro, saída 311 – Penedo/Visconde de Mauá. Depois de sair da via Dutra, seguir pela RJ163 até Visconde de Mauá –  29 km – pela Estrada Parque Visconde de Mauá – estrada asfaltada.

Confira as dicas do MeuFindi das melhores atrações da cidade: 

O que fazer em Visconde de Mauá

A variedade de cenários naturais de Visconde de Mauá é um convite para o bem estar. Através do contato com a natureza, é possível sair da rotina e realizar diversas atividades que promovem desde a contemplação, quanto a prática de caminhadas, trilhas, cavalgadas, banhos de cachoeira ou rio e esportes radicais.

Pontos turísticos

Balneário Barra das Antas

Visconde
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Localizado na Fazenda Barra das Antas, num ponto extremamente preservado e mágico. São várias cachoeiras, piscinas naturais e um verde exuberante. É cobrada uma taxa de manutenção. Há um bar com banheiros na chegada como ponto de apoio.

Cachoeira Águas Claras

Cachoeira Águas Claras
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Localizada no Campo Alegre, passando pela Ponte dos Cachorros, composta de pequenas cachoeiras e piscinas naturais.

Cachoeira da Prata

Cachoeira da Prata
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Muito verde e água cristalina escondem histórias da região. A gruta é atração indispensável e foi usada como esconderijo dos Índios Puris. Fez parte também da rota de transporte de minério no ciclo do ouro.

Cachoeira da Usininha

Cachoeira da Usininha
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Cachoeira da Usininha, um lugar lindo, logo na entrada de Visconde de Mauá, um pouquinho depois do Vale da Grama, uma descida quase escondida no final da serra. Um lugar magnífico, perfeito para você viver momentos mágicos, rodeada de natureza o lugar exala magia, um banho naquelas águas renova a alma. O mais legal é que a cachoeira é um mini – escorrega, perfeita para sua diversão! Venha conhecer!

Cachoeira do Araçá

Cachoeira do Araçá
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Composta por três quedas d´águas distintas: Araçá, Bromélias e Tucanos. O acesso a cachoeira fica na estrada Mauá – Lote 10 – Campo Alegre. Cobra-se uma pequena taxa de preservação, via uma fazenda particular.

Cachoeira do Escorrega

Fonte: viscondedemaua.tur.br
Fonte: viscondedemaua.tur.br

A 2 Km da Vila da Maromba, chama-se Cachoeira do Escorrega, pois a força da água e a rocha lisa permite aos banhistas escorregarem até uma linda piscina natural. Há restaurantes e bares nos arredores.

Cachoeira do Rio Grande

Cachoeira do Rio Grande
Fonte: viscondedemaua.tur.br

A Cachoeira do Rio Grande, localizada na Vila Santo Antônio do Rio Grande – MG. Essa cachoeira encanta a cada olhar, uma queda incrível, água gelada perfeita para um mergulho renovador.

O Lugar possui apenas um bar, onde são vendidos porções, bebidas e salgados. É realmente lindo, vale muito apena conhecer e fica a 22 km de Visconde de Mauá. Não é cobrado taxa de entrada, o local possui banheiros e área para se fazer churrasco.

Mirantes da Serra – RJ 163

Mirantes da Serra - RJ 163
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Um dos pontos mais lindos de Visconde de Mauá são nossos mirantes, lugares cheios de paz, com uma energia magnífica, além de ser um cenário perfeito para suas fotos. Parada quase obrigatória para os turistas que visitam a região.

São vistas de tirar o fôlego, lugares encantados, cheio de boas energias, transmitem paz e muita positividade.

Dez minutinhos ali e você já começará a sentir o que te espera pela frente… Por que Visconde de Mauá é isso e muito mais!

Parque Ecológico Cachoeiras do Santuário

Parque Ecológico Cachoeiras do Santuário
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Possui mais de 20 lindas cachoeiras com águas cristalinas, mata nativa, gruta, árvores centenárias, animais, plantas e muito mais. Na recepção existe um bar com variadas bebidas, salgados, biscoitos, entre outros. Acesso mediante taxa de preservação.

Pedra Selada

Pedra Selada
Fonte: viscondedemaua.tur.br

A Pedra Selada possui 1.755 metros de altitude e está localizada entre Visconde de Mauá e a região da Fumaça. O seu nome deriva do seu formato semelhante a uma sela de montaria. O acesso começa na fazenda do Sr. Alcebíades, situada 12 km após o Lote 10, Visconde de Mauá, na direção de quem vai para o povoado do Rio Preto.

A trilha da Pedra Selada é classificada pelos montanhistas como uma caminhada semipesada, são cerca de 2 horas aproximadamente do estacionamento até o topo. Todo esforço e sacrifício é compensado pela extasiante visual. Indescritível, essa é a palavra.

Pista de Voo Livre

Pista de Voo Livre
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Rampa Particular inaugurada com a criação do clube Zoar, localizada na Serra da Mantiqueira entre o Pico das Agulhas Negras e Pedra Selada, entre o Vale do Paraíba e Visconde de Mauá.

No meio de muita natureza e belíssima paisagem, é um ponto turístico da Serra da Mantiqueira com uma visão panorâmica privilegiada de toda a região, a caminho de que vai para Visconde de Mauá.

Poção da Maromba

Poção da Maromba
Fonte: viscondedemaua.tur.br

O lago do poção faz parte do cenário da Vila da Maromba, cerca de 2 Km estrada acima. Ideal para banho e saltos, entretanto vale o cuidado de não se aventurar tanto. Observar os moradores da região é uma boa pedida de segurança.

Poço do Marimbondo

Poço do Marimbondo
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Escondido no meio da mata, descortina-se uma piscina natural, águas cristalinas, árvores, pássaros, natureza, paz, este é o resumo simples e objetivo do que se encontra no Poço do Marimbondo.

Prainha

Prainha
Fonte: viscondedemaua.tur.br

No centro da Vila de Visconde de Mauá, encontra-se a Prainha, literalmente uma praia de água doce e cristalina. Local ideal para relaxar, fazer um piquenique, levar as crianças para se divertirem.

Sítio Cachoeiras do Alcantilado

Sítio Cachoeiras do Alcantilado
Fonte: viscondedemaua.tur.br

Uma sequência de 9 cachoeiras – terminando em uma com 50 metros – é um dos destaques da Região de Visconde de Mauá.

O Sítio Cachoeiras do Alcantilado, uma propriedade particular, que vem cumprindo uma função social de grande valia. Com um inovador projeto, o sítio fazenda foi adaptado e adequado á visitação(passeios ecológicos), lazer e entretenimento, desde de março de 1992.

Graças a natureza e a sabedoria do Criador, com o incentivo de nossos amigos e visitantes, as Cachoeiras do Alcantilado é hoje uma das melhores atrações da região. Dentro do sítio, o visitante caminha 1,5 km (3 km de ida e volta) em meio a exuberância da floresta, pássaros, borboletas e mais de uma dezena de atrações entre cachoeiras, poços, tocas e grutas. Um passeio inesquecível. Por se tratar de uma propriedade particular cobra-se uma taxa de preservação e manutenção na entrada do Sítio.

Fontes: sites Visite Visconde de Mauá e Visconde de Mauá Turismo

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Você gostou dessa dica de passeio?
Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

Guia fácil para curtir Nova Friburgo no Fim de Semana

Ideal para uma escapada de Fim de Semana, Nova Friburgo é famosa pelo clima ameno e agradável, pelas belezas naturais, pela culinária local e pela arquitetura de seus prédios do período colonial.

Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

+ Veja também: Apenas 66 km do RJ Petrópolis é um dos melhores destinos de inverno do país

A cidade de Nova Friburgo foi colonizada por suíços no século XIX e um dos principais legados deixados por eles, além dos charmosos prédios, é a culinária. No distrito de Mury, polo gastronômico de Nova Friburgo, os restaurantes especializados oferecem fondues e raclettes. Outros colonizadores que ajudaram a construir a cidade foram os alemães. E sua culinária também está presente nos restaurantes locais, sempre acompanhados de boas cervejas.

Ainda em referência aos colonizadores de Nova Friburgo, outra atração para o turista é a Praça das Colônias, onde se passeia pelos países que fazem parte da história da cidade. A praça é composta por 10 espaços físicos onde cada colônia expõe e divulga sua cultura, arte e tradições. O principal atrativo turístico natural e um dos cartões-postais da cidade é a Pedra do Cão Sentado, que fica dentro do Parque Ecológico de mesmo nome.

A formação rochosa, que fica a 1.100 metros de altitude e tem 111 metros de altura, é acessível após uma caminhada de um quilômetro, passando por dentro de uma mata, pontes rústicas e grutas.

Localizada na área da Reserva Florestal de Macaé de Cima e a 35 km do centro de Nova Friburgo, o distrito de Lumiar também é muito procurado pelos turistas que visitam a cidade, principalmente os que procuram por aventura. Com cachoeiras e rios, a prática de esportes como rafting, canoagem e rapel é comum na região.

Outro passeio tradicional é circular pelo bairro de Olaria e pela Ponte da Saudade. Por lá, se encontram peças íntimas de qualidade e a preços acessíveis; o que torna a região conhecida como “capital nacional da lingerie”.

Como chegar: Nova Friburgo está a 130 km do Rio de Janeiro.
Saindo do Rio de Janeiro, pegar BR101, Rampa de acesso para tanguá, BR 116.

Saindo de São Paulo, pegar rodovia Presidente Dutra, rampa de acesso para linha vermelha, BR-040, pegar saída para rodovia Rio–Teresópolis, BR 116
Como chegar:

Dica MeuFindi das principais atrações da cidade

O que fazer em Nova Friburgo

Em toda parte do município de Nova Friburgo há um atrativo. São rios, cachoeiras, poços, grutas e montanhas que compõem a paisagem.

No centro da cidade tem vários atrativos. São praças projetadas a mais de um século e que fazem parte da história da cidade; o teleférico que leva o visitante ao alto da Montanha da Cruz, de onde pode se apreciar uma das mais belas vistas da cidade entre outros atrativos.

Lumiar

Friburgo
Fonte: google

Paraíso natural com diversas cachoeiras, rios e trilhas. Ótimo para quem gosta do contato com a natureza e se preocupa com a conservação ambiental.

Distante cerca de 35 km do centro de Nova Friburgo. Lumiar esta localizada na serra fluminense a aproximadamente 700 metros de altitude. Situa-se em área da Reserva Florestal de Macaé de Cima.

Nova Friburgo Country Clube

jardins
Fonte: google

O Parque São Clemente foi projetado em 1871 para servir de residência ao Conde de São Clemente. É um local apropriado para caminhadas em meio aos lagos e jardins, onde são valorizadas espécies nativas e exóticas. Na área do parque encontra-se o Nova Friburgo Country Clube.

Com uma área de 194 mil metros quadrados, dos quais 180 mil em jardins é um dos mais belos e tradicionais clubes do Brasil. As belezas dos lagos, pássaros, gansos, patos, garças e cisnes, em conjunto com raras espécies botânicas, dão um show à parte, que a natureza local guarda para os privilegiados sócios e visitantes.

Funcionamento no fim de semana: sábados e domingos das 7h às 17h
Onde: Avenida Conselheiro Julius Arp, nº s/n – Centro – Nova Friburgo

Pedra do Cão Sentado

Pedra do Cão Sentado
Fonte: google

Situada à margem da Rodovia Nova Friburgo – Bom Jardim, encontra-se o Parque Furnas do Catete, em extensa área, com altitude máxima em torno de 1.100m. É um conjunto de grutas e blocos de rochas superpostas que criam formas deslumbrantes.

O ponto mais elevado é a Pedra do Cão Sentado, formação que se assemelha a um cão de guarda, com 100m de altura.

Para atingi-lo o visitante percorre aproximadamente 1 Km, ultrapassando 12 pontes e rústicas escadas. No parque encontram-se diversas outras grutas: Toca da Onça, Igreja dos Macacos, Salão do Escoteiro, Pico do Charuto, Furnas Vinte Minutos, Quilha do Navio, Pia Sagrada. Junto ao portão de acesso ao local há um lago circundado por formações rochosas, jardim e um quiosque próprio para pic-nics

Funcionamento no fim de semana: sábados e domingos das 9h ás 17h30
Onde: Rodovia RJ 116, Km 91,2, s/n – Furnas

Praça Getúlio Vargas

Projetada em 1881, pelo paisagista francês Auguste Marie François Glaziou é formada por enormes alas e adornada por eucaliptos seculares e canteiros de flores.  Caminhar pela praça, sentar-se à sombra de seus eucaliptos e desfrutar dessa natureza é uma visita imperdível ao centro de Nova Friburgo.

Queijaria e Chocolateria Suíça

Queijaria e Chocolateria Suíça
Fonte: google

Além de um atrativo Turístico, é uma empresa independente e auto-suficiente, pertencente ao Instituto Fribourgo-Nova Friburgo, sem fins lucrativos, cujos objetivos visam à promoção do desenvolvimento rural e social da região e difusão da tecnologia queijeira e do chocolate. Produção estilo de fabricação Suiça.

Funcionamento no fim de semana: sábados e domingos das 12h às 17h.
Onde: Est. Friburgo / Teresopólis Km 18, Conquista.

Parque Estadual dos Três Picos

Parque Estadual dos Três Picos
Fonte: google

Este é o maior parque estadual do Rio de Janeiro, seu nome evoca os Três Picos de Friburgo, imponente conjunto de montanhas graníticas que, elevando-se a de 2.366 metros acima do nível do mar, e é o ponto culminante de toda a Serra do Mar. O Parque foi criado no Dia Mundial do Meio Ambiente, em 5 de junho de 2002.

Entre os atrativos, há trilhas abertas ao público com diferentes graus de dificuldade, montanhismo, banhos de cachoeiras e contemplação de paisagens. A época mais recomendada para visitação de abril a setembro. O parque conta com um núcleo para montanhismo próximo a Salinas, em Nova Friburgo.

Onde: Estrada do Jequitibá, 145 – Boca do Mato, Cachoeiras de Macacu

Cachoeira de São José

Cachoeira de São José
Fonte: google

A cachoeira se encontra a 1,2 km do ponto final do ônibus de Boa Esperança, pela Estrada do Macabu. È formada por uma queda de mais ou menos 6 m de altura com bastante volume de água, o que permite uma excelente massagem natural e revitalizante.

O acesso é feito através de um jardim de hortênsias, bromélias e flores silvestres, com uma exuberante vegetação de Mata Atlântica ao redor. No local ainda encontra-se uma piscina para adultos, outra para crianças, além de balanços de cordas e uma ducha. O espaço é bem familiar e conta com infra estrutura de banheiros, bar e lanchonete.

Encontro dos Rios

Encontro dos Rios

A área onde acontece a confluência dos rios Macaé e Bonito se destaca como um dos mais belos recantos da região de Nova Friburgo. O atrativo compõe-se da Ponte do Alemão, Encontro dos Rios e Poço do Alemão. A Ponte do Alemão é rústica em madeira, liga as margens do Rio Macaé e permite o acesso às localidades de Aldeia Velha e Toca da Onça.

As margens do rio se apresentam praticamente cercadas de rochas e recobertas de vegetação rasteira. Em finais de semana e feriados é grande a demanda de visitantes ao local. Localizado a 6,3 km da Vila de Lumiar. A partir do encontro dos Rios Macaé e Bonito, o rio Macaé se torna ideal para a prática de canoagem e rafting principalmente no período de novembro a maio quando seu nível está mais alto.

É possivel chegar ao ponto de encontro dos rios através de trilhas leves sendo que para chegar as margens do Macaé pega-se uma trilha logo que se sai da estrada Serra Mar, bem ao lado dos quiosques de bambu à direita de quem chega. Para ir as margens do Rio Bonito, é preciso atravessar a ponte do Alemão e pegar uma trilha a direita próximo a base de rafting do Lumiar Aventura.

Apiário Amigos da Terra

Apiário Amigos da Terra

Localizada na cidade de Nova Friburgo, no Circuito Turístico Tere-Fri, no coração da mata atlântica do Rio de Janeiro. Nossos apiários estão localizados em área próxima de floresta nativa, distante de agricultura intensiva (que utiliza agrotóxicos, fertilizantes químicos e culturas transgênicas).

Trabalhamos com abelhas “africanizadas”, variedade decorrente do cruzamento de abelhas européias com abelhas africanas, que são extremamente adaptadas a biodiversidade brasileira. São resistentes a parasitas e doenças, dispensando o uso de antibióticos e produtos químicos.

O nosso propósito é produzir mel e derivados livres de qualquer contaminação química ou biológica, obtendo um produto 100 % natural, que possa contribuir para a nutrição e saúde de nossos consumidores.

Onde: Av. Antônio Mário de Azevedo, nº 17200 – (Estrada Friburgo-Teresópolis, Km 17) – Campo do Coelho.

Jardim do Nêgo

O ateliê do artista plástico funciona ao ar livre, dando formas aos barrancos que circundam o sítio instalado na estrada Teresópolis-Friburgo. Por todos os lados, esculturas gigantescas representam mulheres, crianças e animais, entre outras imagens.

Onde: RJ-130 – Estrada Tere-Fri, Km 55, Campo do Coelho – Nova Friburgo

Praça do Suspiro

Praça do Suspiro
Fonte: google

Há uma feira nos finais de semana e também passeios a cavalos e carruagens de aluguel, sem contar com a tradicional carrocinha de bode para os pequeninos sem contar com trenzinho da Lilita que seu ponto de encontro para passeios.

Onde: Praça do Suspiro, s/nº – Centro

Fonte: site de turismo Nova Friburgo

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Você gostou dessa dica de passeio?
Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

Guia Fácil: para curtir o inverno em Teresópolis (RJ) antes que ele vá embora

Ideal para uma escapada de Fim de Semana, a cidade possui uma paisagem privilegiada, em meio à Mata Atlântica da Região Serrana e suas deslumbrantes fauna e flora, o município de Teresópolis encanta moradores e visitantes com uma aconchegante temperatura média de 16ºC.

Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

+ Veja também: Guia Simples para curtir o melhor de Niterói no Fim de Semana

Verde. Tons variados e subtons de verde envolvem a cidade de Teresópolis. No topo da Serra dos Órgãos, a paisagem é, também, a forma das montanhas e picos conhecidos mundo afora como o Dedo de Deus, marco do alpinismo, ou a Pedra do Sino, porto seguro de quem não escala, mas também não abre mão de caminhar para chegar às nuvens.

A cidade, contam os historiadores, homenageia a Imperatriz Teresa Cristina, casada durante muitos anos com D. Pedro II. É provável que a família imperial tenha se encantado com as belezas naturais e o clima da serra e, em terras de Teresópolis, tenha desfrutado de períodos de férias.

Lentamente, o povoado foi se desenvolvendo, passando à categoria de freguesia – Freguesia de Santo Antônio do Paquequer – em 1855. Somente em 06 de julho de 1891, através do decreto de nº 280, do então Governador Francisco Portela, a freguesia é alçada à condição de município, passando a denominar-se Teresópolis, devidamente desmembrada do município de Magé.

Daquela época até os dias atuais, a cidade continua atraindo milhares de visitantes e até mesmo novos moradores que, como a família imperial, vêm em busca do clima privilegiado, da natureza exuberante, da beleza de sua paisagem, da tranquilidade, além de outros atrativos naturais e culturais.

Como chegar: Teresópolis está a 96km do Rio de Janeiro e 478km de São Paulo.

De carro: saindo do Rio de Janeiro, deve-se seguir a Linha Vermelha até a Rodovia Washington Luis (BR 0-40). Vire à direita em direção à Estrada União e Indústria, vire à direita na Estrada União e Indústria, na rotatória, pegue a 2ª saída para a Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues, Estrada Teresópolis-Itapava.

Confira as dicas do MeuFindi das melhores atrações da cidade:

O que fazer em Teresópolis

Local ideal para os amantes do Ecoturismo , a principal atração é a travessia da Serra dos Órgãos até Petrópolis, o percurso dura 3 dias em meio a muita natureza e paisagens deslumbrantes e não é aconselhável para iniciantes. Para os menos corajosos o ideal é explorar o centro, com diversas atrações.

Turismo Eco-Rural

Parque Nacional da Serra dos Órgãos
O local oferece muitas possibilidades de lazer e várias atrações, como trilhas para trekking, cachoeiras, áreas de escalada, uma piscina natural, além de dezenas de belíssimos recantos. Os cenários encontrados no Parque Nacional são acidentes naturais do relevo da Serra dos Órgãos. Local propício para a prática do alpinismo.

Telefone: 21 2152-1100
Funciona nos fins de semana: sábados e domingos das 8h às 17h.
Quanto: R$ 10
Onde: Av. Rotariana s/n.º – Soberbo

Parque Estadual dos Três Picos

Com 46.350 hectares, o Parque Estadual dos Três Picos é o maior do estado do Rio de Janeiro. Ele representa 75% de toda a área verde protegida e está localizado entre os municípios de Teresópolis, Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu, Guapimirim e Silva Jardim. Seu nome é uma relação direta com os Três Picos, acidente geográfico localizado na região, parte de um imponente conjunto de montanhas graníticas, com cerca de 2.350 metros de atitude, ponto culminante de toda a Serra do Mar. O parque preserva o cinturão central de Mata Atlântica do Estado.

Telefone: 21 2152-1100
Onde: Estrada do Jacarandá, s/nº,  Jacarandá

Fazenda Genevé
Venha visitar a Fazenda Geneve, você será recebido por um guia e verá como funciona uma criação de cabras leiteiras e uma queijaria de queijos de cabra finos. A queijaria é como um aquário que poder ser visto a movimentação dos queijeiros e toda a fabricação. Após a visita o grupo irá para o restaurante onde haverá uma palestra sobre história e fabricação de queijos de cabra, corte dos queijos e armazenamento. Após a palestra será realizada uma degustação de queijos de cabra com pães.

Telefone: 21 3643-6391
Funciona nos fins de semana: sábado de 12h às 22h e domingo 12h às 18h
Onde: Estrada Teresópolis – Nova Friburgo, km 16

Granja Comary
A sede dos treinos da seleção pentacampeã do mundo, é também um espaço para visitação. São mais de 150 mil metros quadrados de área verde compostos de belas paisagens, divididas entre 5 campos, infra estrutura para atendimento aos atletas e um dos mais modernos centros de treinamento do mundo. O vasto espaço da Confederação é um ponto de atração para turistas.

Telefone: 21 2642-2430 | 3535-9610
Onde: Rua Comary, 1 – Carlos Guinle

Cascata do Imbuí
Atrativo caracterizado por um grande platô rochoso, de onde se pode destacar três pequenas piscinas naturais, originadas do Rio Paquequer. A cascata, de grande beleza, apresenta-se com altura aproximada de 20 m onde as águas, com forte intensidade, que se precipitam em corredeiras. Com águas turvas e de temperatura fria, o seu volume é intenso, e altera-se ainda mais de acordo com a incidência das chuvas, local é muito úmido. A paisagem circundante é formada por mata fechada com árvores de médio e grande porte.

Onde: Estrada Henrique Claussen – Sede do Parque do Imbuí

Mirante do Soberbo
Em dias claros, avista-se o Grande Rio, a Baía de Guanabara e a Baixada O Mirante do Soberbo, também conhecido como Mirante da Vista Soberba situa-se na entrada da cidade de Teresópolis no Estado do Rio de Janeiro. Deste ponto avista-se o pico Dedo de Deus, um dos marcos da cidade, presente nas bandeiras do Estado do Rio e do município e símbolo do alpinismo brasileiro. Além do Dedo de Deus, pode-se avistar o pico do Escalavrado, a Boca do Peixe e outros pontos da Serra dos Órgãos.

Visitas: Permanente

Onde: Rodovia BR-116 – Trevo de entrada para Teresópolis.

Construções históricas

Palácio Teresa Cristina – Prefeitura
O edifício, em estilo neocolonial e pintado de rosa, foi inaugurado em 1927 e alvo de remodelações até a década de 1950. Além da administração municipal, já foi sede do Fórum, Câmara Municipal de Vereadores, do Tiro de Guerra, Cartório Eleitoral e de inúmeras outras repartições públicas, inclusive da Secretaria de Agricultura do Estado, da Coletoria Estadual e do Ministério da Agricultura.

Telefone: 0800 282 5074 | 21 2742-8761
Quanto: Grátis
Onde: Av. Feliciano Sodré 675 – Várzea.

Palacete Granado (Sesc)

Palacete foi construído para moradia do Sr. José Antônio Coxito Granado, imigrante português, que fundou e dirigiu no Rio de Janeiro a “Drogaria Granado”, além do primeiro laboratório de análises. No princípio do século XX, o comendador José Granado descobriu Teresópolis, onde transformou imensa área em chácara-modelo, desenvolvendo a floricultura, pomicultura, especialmente os vinhedos e as plantas medicinais. Neste local foi construído o Palacete em 1913.

O Palacete, em estilo francês, é uma construção em pedra, cal e tijolos, coberta de telhas, assoalhado, com porão onde encontram-se salas e uma cantina. Na parte superior da casa uma grande varanda no lado direito, outra no lado esquerdo.

Telefone: 21 2743-6939 | 2743-6959
Funciona nos fins de semana: sábados e domingos das 8h às 17h.
Quanto: Grátis
Onde: Av. Delfim Moreira 749 – Várzea

Passeio

Circuito Tere-Fri
Localizado na estrada que liga as cidades de Nova Friburgo e Teresópolis, no coração da região serrana do Estado do Rio de janeiro. São 68 Km de lugares encantadores e aconchegantes dentro da Mata Atlântica.

O cenário ideal para passeios, aventuras, esportes e descobertas. O Circuito Tere-Fri oferece os mais diversos atrativos para os visitantes, além dos mais charmosos hotéis e pousadas da região.

 Em todo o percurso da estrada, o clima da montanha convida a magníficos passeios e caminhadas em meio a belas paisagens, cercadas de muito verde e riachos de águas cristalinas. Os adeptos de escaladas encontram no Circuito algumas das vias mais altas do país. À noite, o clima de montanha convida a uma lareira, saboreando uma taça de vinho ou um chocolate quente. Embarque nesta estrada, desfrutando de preciosos momentos de lazer.

Compras

Orquidário Aranda
Oferece aos clientes todas as possibilidades de negócio quando o assunto é orquídea. Além da qualidade, a diversificação do estoque é mais uma vantagem para um serviço amplo e personalizado.

Por isso tudo, é considerada uma das melhores empresas brasileiras na produção, comercialização, serviços de locação e distribuição de orquídeas.

Nossa prioridade é competir com ética e seriedade no Mercado de Flores, sendo sempre o primeiro na escolha dos nossos clientes, apresentando soluções e emocionando com competência e responsabilidade.

Telefone: 21 2742-0628 | 3641-3231
Onde: Estrada Francisco Smolka, s/nº – Quebra-Frascos

Feirinha de Teresópolis
Conta com 823 expositores de produtos variados, produtos como móveis e utilidades de bambu e palha, móveis e utilidades em madeira e couro, bijuterias e semijóias, alimentos artesanais (pães, bolos, chocolates, licores, doces e salgados, etc…), comidas típicas de vários estados brasileiros, e na grande maioria roupas, fabricadas em pequenas confecções caseiras.

Onde: Praça Higino da Silveira – Alto

Igrejas e Monumentos religiosos

Matriz de Santo Antônio de Paquequer
Está intimamente ligada à história de Teresópolis. Em 1880, a matriz encontrava-se em ruínas, quando foi iniciada a construção atual. Em novembro de 1933, era consagrada a nova Matriz de Santo Antônio do Paquequer. Recentemente, um novo templo foi construído em um terreno ao lado esquerdo da igreja.

Telefone: 21 2642-5259
Funciona nos fins de semana: sábados e domingos, das 8h às 17h
Quanto: grátis
Onde: Av. Oliveira Botelho, Alto

Matriz de Santa Tereza
A construção da Matriz de Santa Teresa data da segunda metade do século XIX. Em 1855, na Praça Provincial, depois Santa Teresa, atual Praça Baltazar da Silveira, iniciava-se a construção da capela da Várzea, sob o cargo de Santa Claudiana depois Santa Teresa D’Ávila, padroeira da Paróquia e da cidade de Teresópolis. Matriz, em estilo gótico, possui belos vitrais de origem tcheca.

Telefone: 21 2742-2963
Onde: Praça Baltazar da Silveira – Várzea.

Fonte: visit.rio | wikirio | visite Teresópolis

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Você gostou dessa dica de passeio?
Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

Petrópolis é um dos melhores destinos de inverno do país

Petrópolis é um município da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, bastante fria é o principal refugio de muitos cariocas no final de semana. A “Cidade Imperial”, nasceu do sonho do Imperador D. Pedro I que descobriu os valores climáticos e belezas naturais da região serrana. Aqui D. Pedro II construiu seu Palácio, vivendo os melhores momentos de sua vida.

Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

+ Veja também: Guia prático: com 17 lugares incríveis no Rio para conhecer no fim de semana.

Emoldurada pela Mata Atlântica e envolvida pela arte, música, dança, cultura e tradição, em parte herança dos colonos germânicos e imigrantes portugueses, italianos e franceses, dentre outros, conquista patamares de desenvolvimento nos setores do turismo, da pesquisa e da alta tecnologia. Com localização privilegiada, a cidade conquistou a posição de um dos “65 Destinos Indutores do Desenvolvimento do Turismo Regional”, o que demonstra a sua qualidade como produto turístico nacional e internacional e força impulsionadora do turismo da região onde está inserida.

Polo de Ecoturismo da Região Serrana, Petrópolis abriga paisagens deslumbrantes. Inserida na primeira APA (Área de Proteção Ambiental) criada no país, integra o Parque Nacional da Serra Órgãos e possui 2 grandes parques urbanos, o Parque Cremerie e o Parque Municipal de Petrópolis, em Itaipava, além de inúmeras praças e jardins. Orquidários e floriculturas também merecem uma visita, com destaque para o cultivo de orquídeas e bromélias.

Adeptos dos circuitos ecorrurais encontram diversas opções de atividades nas localidades do Brejal, Taquaril, Araras, Vale do Cuiabá e Itaipava, dentre outras. E os praticantes de esportes de aventura também encontram, na cidade, aos fins de semana as condições ideais para cavalgadas, trekking, voo livre, rapel, canyoning, escaladas, mountain bike, off-road, arvorismo e outras modalidades.

Petrópolis também é um convite à boa mesa. Produtos exóticos, de alta qualidade e a mistura de culturas conferem à cidade uma gastronomia que prima pelos sabores inusitados. Nos últimos anos, esta verdadeira “fusão de delícias” atraiu inúmeros chefs que uniram seu conhecimento e talento para dar origem ao Vale dos Gourmets, eleito por especialistas como uma das melhores opções gastronômicas do Brasil.

Localizado entre os distritos de Itaipava, Corrêas, Nogueira e Araras, o Vale dos Gourmets está repleto de recantos que oferecem experiências gustativas inesquecíveis, em ambientes acolhedores e cercados de inegável bom gosto.

Como chegar: Petrópolis está a 66 km do Rio de Janeiro.Saindo do Rio de Janeiro, deve-se seguir a Linha Vermelha até a Rodovia Washington Luis (BR 0-40), sempre olhando as indicações para Petrópolis. Saindo de São Paulo, são 463 km de distância, vindo pela BR-116 (Via Dutra) e, em seguida, BR-040.

Como transitar pelo local – Só da para circular a pé somente no centro, nas outras localidades o idéal e ter um carro, ou pegar ônibus municipal. Quem vem de ônibus e desembarca no Terminal Bigen, pega-se um ônibus no mesmo terminal até o centro ou palácio da quitandinha. Existe linhas que vão do centro até o Palácio da Quitandinha e virse-versa.

Dica MeuFindi das principais atrações da cidade

O que fazer

Em uma cidade encantadora e cheia de belezas naturais e culturais, não falta atração para todos os gostos, logo subindo a serra já podemos ver a paisagem linda que vai surgindo e ficando mais bonita a cada metro que passa. Os lugares mais incríveis que o visitante não pode deixar de ir, são: Museu Imperial, Palácio de Cristal e Palácio da Quitandinha, esse 3 lugares são praticamente obrigatórios para que visita Petrópolis.

Petrópolis tem atrações para todos os bolsos, gostos e estilos. Uma cidade que supera todas a expectativas. Confira o que o MeuFindi separou para você:

– Construções históricas

Palácio de Cristal – Inspirado no Crystal Palace de Londres

Palácio de Cristal
Construído na França, foi trazido desmontado para o Brasil. Aqui foi realizada a festa para celebrar a abolição da escravatura em 1888. 

Onde: Rua Alfredo Pachá – Centro
Telefone: 24 2247-3721
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado e Domingo, das 9h às 18h.
Quanto: R$ 5 – Estudantes e maiores de 60 anos: R$ 2,50. Crianças até 6 anos e maiores de 65 anos. acesso livre.

Casa da Ipiranga – Casa dos Sete Erros

Casa da Ipiranga
Antiga mansão da família Tavares Guerra, construída em 1884, inspirada nas assimetrias do rosto humano, a fachada tem diferenças entre os lados esquerdo e direito, por isso ela é apelidada de casa dos sete erros.

Onde: Av. Ipiranga , 716 – Centro
Telefone: 24 2231-8718
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado e Domingo, das 12h às 18h.
Quanto: R$ 7 – Estudantes e maiores de 60 anos: R$ 3,50. Crianças até 6 anos: acesso livre.

Palácio Amarelo

Palácio Amarelo
Antiga residência do Barão de Mauá, hoje abriga a Câmara Municipal, as visitas são restritas ao hall e ao Salão Hermogênico.

Onde: Praça Visconde de Mauá, 89 – Centro
Telefone: 24 2291-9200
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado e Domingo, das 10h às 17h.
Quanto: visitas guiadas grátis.

Palácio da Quitandinha

Palácio da Quitandinha
Construído na década de 40 para ser o maior cassino hotel da América do Sul, sua decoração foi feita pela cenógrafa de Hollywood. Dorothy Draper. Em sua frente possuí um lindo lago, onde pode-se fazer passeios de pedalinhos.

Onde: Av. Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha.
Telefone: 24 2245-2020 / 2245-4971 / 2245-7642
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado, das 10h às 17h. Domingos das 10h às 16h.
Quanto: R$ 6 por pessoa.

Maiores de 60 e estudantes de escolas particulares R$ 3.

Teatro Dom Pedro

Teatro Dom Pedro
Prédio em estilo eclético com traços da arquitetura art-nouveau e art-déco, inaugurado em 1993. 

Onde: Praça Expedicionários, s/n – Centro
Telefone: 24 2235-3833 Apenas Visitas pela parte Externa.

– Igrejas e Monumentos religiosos

Catedral de São Pedro Alcântara

Catedral de São Pedro Alcântara
Construída em 1884, em estilo neogótico francês. No seu interior destacasse a Capela Imperial, onde estão os restos mortais de Dom Pedro II, dona Teresa Cristina, Conde d’Eu e Princesa Isabel. Repare que, por uma ilusão de ótica, o peito do imperador parece se mover, como se ainda tivesse vivo.

Onde: Rua São Pedro Alcântara, 60 – Centro
Telefone: 24 2242-4300
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado e Domingo, das 8h às 18h.
Quanto: R$ 8 – Estudantes e maiores de 60 anos e estudantes de escolas privada: R$ 4. Proibido visitar torre.

Igreja Luterana
Igreja Luterana
O mais antigo templo da cidade, construído em 1862, conserva o órgão alemão de 860 tubos.

Onde: Av. Ipiranga, 346 – Centro
Telefone: 24 2224-1703
Funcionamento no Fim de Semana: Domingo às 9h.
Quanto: grátis.

Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus
 Igreja Matriz
Construída em 1872 com participação dos imigrantes alemães.
Onde:
Rua Montecaseros, 95 – Centro
Telefone: 24 2242-6915
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado e Domingo, das 7h às 19h.
Quanto: grátis.

Mosteiro da Virgem
Mosteiro da Virgem
Missa dominical às 10h30 com cantos gregorianos.

Onde: Av. Ipiranga , 555 – Centro
Telefone: 24 2242-2394 / 2231-6393
Funcionamento no Fim de Semana: domingo, 10h30.
Quanto: grátis

Trono de Fátima
Trono de Fátima
Monumento em homenagem a Nossa Senhora de Fátima. Vista privilegiada do Centro Histórico. Possui capela e sala de ex-votos.

Onde: Rua Mosenhor Bacelar – Valparaíso
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado e Domingo, das 8h às 18h.
Quanto: grátis

– Praças

Praça 14 Bis

Praça 14 Bis
Possui uma réplica do invento mais famoso de Santos Dumont, o 14 Bis. A atração foi inaugurada em comemoração ao centenário do primeiro voo da aeronave.

Onde: Av. Roberto Silveira – Praça da Liberdade – Centro

Relógio de Flores

Relógio de Flores
Inaugurado em 1972 em comemoração aos 150 anos da Independência do Brasil.

Onde: Rua Barão do Amazonas – centro (em frente a UCP)

– Museus e Centros Culturais

Museu Imperial

Museu Imperial
Palácio construído em estilo neoclássico para ser residência de verão de Dom Pedro e dona Teresa Cristina. Destacam-se a coroa e o manto imperial, móveis, jóias, porcelanas e peças de arte.

Onde: Rua da Imperatriz, 220- Centro
Telefone: 24 2245-5550
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado e Domingo, das 11h às 18h.
Quanto: R$ 8

Estudantes e maiores de 60 anos: R$ 4. Crianças até 6 anos: acesso livre.

Casa de Santos Dumont

Casa de Santos Dumont
Projetado pelo inventor, expõe biblioteca, objetos pessoais e duas curiosidades: o chuveiro aquecido a álcool e a escada com degraus pela metade.

Onde: Rua di Encanto, 22 – Centro
Telefone: 24 2247-3158
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado e Domingo, das 9:30h às 17h.
Quanto: R$ 5 – Estudantes e maiores de 60 anos: R$ 2,50. Crianças até 6 anos: acesso livre.

Casa do Colono

Casa do Colono
Casa com paredes de pau-a-pique, construída em 1847. Pertenceu a família do alemão Johan Gottlieb Kaiser. Móveis e peças originais.

Onde: Rua Cristovão Colombo, 1034 – Castelânea
Telefone: 24 2247-3715
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado e Domingo, das 9:30 h às 17h.
Quanto: grátis

Centro de Cultura Raul de Leoni

Centro de Cultura
Espaço cultural que abriga galerias de arte, teatro, cinema e biblioteca.

Onde: Praça Visconde de Mauá, 305 – Centro
Telefone: 24 2233-1200
Funcionamento no Fim de Semana: Sábado, das 13h às 18h. Domingos, das 12h às 17h.
Quanto: grátis

Museu da FEB – (Força Expedicionária Brasileira)

Museu da FEB
Fotos e objetos dos ‘’pracinhas’’petropolitanos na Itália durante a 2ª Guerra Mundial.

Onde: Av. Koeler, 255 – Centro
Telefone: 24 2234-3853
Funcionamento no Fim de Semana: não funciona no fim de semana.
Quanto: grátis

Casa do Barão de Mauá

Casa do Barão de Mauá
Construção em estilo neoclássico. Foi residência do Barão de Mauá.

Apenas Visitas pela parte Externa.

Casa da Princesa Isabel

Casa da Princesa Isabel
Foi comprada em 1879 pela Princesa Isabel e o Coonde d’Eu, onde residiram até a proclamação da República.

Apenas Visitas pela parte Externa.

Casa de Rui Barbosa

Casa de Rui Barbosa
Residência em que, Rui Barbosa escreveu muitas obras, entre elas ‘’Oração aos Moços’’. Ela a chamava de ‘’Sweet home’’ e ai permaneceu até falecer.

Onde: Av. Ipiranga, 405 – centro.
Apenas Visitas pela parte Externa.

Casa de Stefan Zweig

Casa de Stefan Zweig
Foi residência do notável escritor austríaco, refugiou-se nesta casa durante a II Guerra Mundial, onde se suicidou em 1942.

Onde: Rua Gonçalves Dias, 34 – Valparaíso
Apenas Visitas pela parte Externa.

– Passeios

Parque Cremerie

Parque Cremerie
Antiga fábrica de queijos de Jules Buisson. Atualmente é uma área de lazer com quadras de esportes , piscinas, lagos com pedalinhos e área verde; 

Onde: Estrada da Independência s/ nº – Independência.
Telefone: 24 2231-5834
Passeios de Vitórias (Charretes)

Três roteiros com duração diferenciada e tarifas pré-fixadas com partida em frente ao Museu Imperial, todos os dias das 8h às 17h.

– Turismo Eco-Rural

Parque Nacional da Serra dos Órgãos

Parque Nacional da Serra dos
A maior área de parque localiza-se em Petrópolis. Os banhos de cachoeira e as caminhadas para apreciar a exuberante vegetação e a fauna da Mata Atlântica são imperdíveis. Outra opção é a travessia Petrópolis-Teresópolis, feita em dois ou três dias, percorrendo 42 Km de trilhas. Para sua segurança contrate serviço de guia especializado em ecoturismo.

Onde: Estrada do Bomfim, – Corrêas – Km 18
Telefone: 24 2236-0475

Fonte: site oficial da Prefeitura de Petrópolis e WikiRio

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Você gostou dessa dica de passeio?
Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

Guia Simples e Prático para curtir o melhor de Niterói no Fim de Semana

Para ter momentos especiais no fim de semana, não é preciso viajar e gastar todas suas economias! Nos arredores da Cidade Maravilhosa, existem lugares incríveis que possuem tantas atividades que você nem vai querer mais gastar com hospedagem! Confira a dica do MeuFindi, para curtir o fim de semana:

Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

+ Veja também: 3 passeios incríveis no Rio para fazer com as crianças no Fim de Semana

O município de Niterói é a terceira cidade mais visitada do estado do Rio de Janeiro, ficando atrás apenas da capital e de Búzios. Apenas 13 km pela ponte Rio-Niterói ou 20 minutos de barca separam Niterói do Rio de Janeiro. e você quer curtir a paisagem, opte por ir de barca, o visual é lindo.

Uma visita já se justificaria pela bela vista que se tem dos maiores pontos turísticos do Rio de Janeiro. Entretanto, Niterói é muito mais. O Museu de Arte Contemporânea (MAC), Caminho Niemeyer, o Complexo dos Fortes, o conhecido Mercado de Peixe, o Polo de Moda, o comércio diversificado e a gastronomia de excelência apontam Niterói como destino de relevância no cenário nacional.

Não são poucos os índices que apontam Niterói como uma das melhores cidades do Brasil para viver, trabalhar e investir.

Como chegar: Niterói está a 13 km da cidade do Rio de Janeiro.

Dica MeuFindi das principais atrações da cidade

Museu de Arte Contemporânea de Niterói


É um museu sobre o Mirante da Boa Viagem, localizado no bairro de Boa Viagem em Niterói. Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o MAC tornou-se um dos cartões-postais de Niterói.

Destina-se principalmente a obras pertencentes à arte contemporânea, todas datadas ao decorrer do século XX. Apresenta desde artes abstratas até obras retratando a ilusão da Monarquia Brasileira. O museu possui um acervo de 1.217 obras da Coleção João Sattamini.

Fortaleza de Santa Cruz

Fortaleza de Santa Cruz
A Fortaleza de Santa Cruz da Barra localiza-se no lado oriental da barra da Baía de Guanabara, no bairro de Jurujuba. De propriedade do Ministério da Defesa, o complexo foi tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional desde 1939. A partir de 2002 vêm sendo procedidas obras de restauração. O visitante encontra quarenta e duas antigas peças de artilharia, de diversos períodos, distribuídas pelas três baterias.

Recomenda-se apreciar o relógio de sol (em pedra de lioz, com algarismos romanos, datado de 1820), a Capela de Santa Bárbara, as masmorras, a chamada Cova da Onça (alegado local de torturas), o local de enforcamentos (no Pátio da Cisterna), o paredão de fuzilamentos (na Galeria 25 de Março), o Salão de Pedra (antigo paiol), as baterias de artilharia, a cisterna, o farol, o mastro da bandeira e a vista privilegiada da barra e da cidade do Rio de Janeiro.

Praia de Icaraí

icarai
Localizada no interior da Baía de Guanabara, significa em Tupi “água benta, água santa, rio sagrado ou rio salgado”. Com 1.200m de extensão e vegetação composta de amendoeiras e coqueiros, é a mais conhecida da cidade.

Mantém espaço para diversos esportes e um calçadão que permite jogging e caminhadas ou apenas admirar o belíssimo panorama. Também é palco dos maiores eventos promovidos na cidade. Dela, avista-se a Pedra do Índio, a Pedra de Itapuca, o MAC e parte da cidade do Rio de Janeiro, destacando-se o Corcovado e o Pão de Açúcar.

Praia de Itacoatiara

itacoatiara
Possui 700m de extensão e significa em Tupi pedra escrita, riscada ou que tem inscrição. Em meio a uma vegetação exuberante, suas águas são transparentes e azuladas. Paraíso dos surfistas, é pequena e uma das mais frequentadas pela juventude, e das que oferece maior riqueza de paisagem.

No recanto direito, fica a Prainha, paraíso para as crianças, uma pequeníssima praia completamente protegida das ondas.

Parque da Cidade

Parque da Cidade

É uma área de preservação ambiental de Niterói, localizado no alto do morro da Viração. Foi inaugurado em 1976. Possui um mirante com visão panorâmica das Lagunas, Praias Oceânicas, bairros de Niterói, Baía de Guanabara, em toda a sua extensão, e do mar aberto, até onde a vista consegue alcançar.

Avista-se também a cidade do Rio de Janeiro com alguns de seus bairros e a Ponte Rio-Niterói. Sua vista panorâmica teve pontuação máxima no Guia Verde Michelin. O Parque conta com duas rampas para a prática de voo livre, sendo muito frequentado pelos praticantes desse esporte.

Teatro Municipal

Teatro Municipal
Inaugurado em 1833, o Teatro Municipal João Caetano é um dos mais importantes para a história do teatro do Brasil. A Companhia Dramática Nacional estreou em seus palcos, sendo este momento considerado o nascimento do teatro brasileiro.

Atualmente, o conjunto do teatro é composto por três corpos edificados: o teatro propriamente dito, os anexos (camarim e operacional) e o prédio administrativo, o qual abriga a Sala Carlos Couto. Para marcar as diferentes funções e as épocas diversas, optou-se por diferenciado tratamento cromático. A Sala de Espetáculos, formada pela platéia e galerias, guarda seus aspectos históricos e artísticos remanescentes do final do século XIX.

Ilha de Boa Viagem

Ilha de Boa Viagem
A Ilha da Boa Viagem localiza-se no interior da Baía de Guanabara, no bairro de Boa Viagem. Encontra-se descrita em diversos relatos e retratada em pranchas dos séculos XVIII e XIX como um local paradisíaco, para o que contribuíram as suas características naturais, com grutas e vegetação submersas, tornando-a em um incoparável pesqueiro.

É ocupada pela Capela de Nossa Senhora da Boa Viagem, sobranceira às águas da Guanabara, erguida no século XVIII, no ponto mais elevado da ilha.

Caminho Niemeyer

Caminho Niemeyer
O Caminho Niemeyer é um conjunto arquitetônico cultural em construção na cidade de Niterói, Rio de Janeiro, com construções projetadas por Oscar Niemeyer, nos bairros litorâneos, margeando a orla, do centro à zona sul da cidade, desde o terreno do Aterro da Praia Grande no Centro até o bairro da Boa Viagem.

Praça da República

Praça da República
Conjunto arquitetônico, tombado pelo Patrimônio Estadual, todo em estilo eclético, construído no início do século XX, em Niterói. Constituído da praça e prédios do seu entorno: Biblioteca Estadual, Câmara dos Vereadores (antiga Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), Liceu Nilo Peçanha, sede regional da Polícia Civil e Tribunal de Justiça de Niterói.

Com o projeto de aterro da enseada de São Lourenço e posterior urbanização, esse conjunto de intervenções batizadas de Renascença Fluminense, efetua-se o desmonte hidráulico do morro e começa-se a construir o Centro Cívico da então capital do estado do Rio de Janeiro.

Praia de Camboinhas

Praia de Camboinhas
Com 2.600m de extensão, suas águas são transparentes e esverdeadas. Com areias claras e finas, é uma extensão da Praia de Itaipu e um recanto pitoresco muito procurado pelos amantes da pesca de arremesso, pelos velejadores e pelos wind-surfistas.

Sua orla é repleta de quiosques especializados em frutos do mar, servidos à beira-mar. Seu nome reporta-se ao encalhe de um navio com o mesmo nome. Ficando entre a praia e a lagoa de Itaipu, existe também no local o sofisticado bairro residencial de Camboinhas.

Fonte: site Oficial da cidade de Niterói.

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br/
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Você gostou dessa dica de passeio?
Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

2 destinos incríveis perto de SP para curtir com a família | Viaje com seu carro

Que tal conhecer novas paisagens para relaxar, se divertir e se aventurar com sua família ou com seu parceiro? O MeuFindi simplifica seu planejamento e te ajuda a encontrar as melhores viagens perto de São Paulo ideais para um fim de semana perfeito.

Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

Confira abaixo 2 lugares deliciosos para curtir o friozinho de outono:

Itu
ele
No centro histórico um rico patrimônio, como igrejas barrocas, casarões e museus. Na área rural podem ser visitadas diversas fazendas históricas que atualmente são abertas ao turismo. De fato, a cidade de Itu ainda preserva na Praça da Matriz o icônico orelhão gigante e esse apelo movimenta no entorno as lojinhas de souvenires cheias de lápis, notas de real e cotonetes imensos.

Mas o destino, a 100 km da capital, se notabiliza por outros predicados. A cidade era uma das vilas mais ricas de São Paulo no fim do período colonial e ganhou o título de Berço da República ao sediar a reunião que ajudou a pôr fim ao período monárquico. Lá estão bonitos largos, igrejas, museus e casarios que remetem a cidades históricas mineiras.

O lugar também está repleto de antiquários que pedem uma visitinha, nem que seja só para ver os incontáveis móveis e objetos religiosos de tempos passados. Para além do Centro, os atrativos se expandem à área rural, com suas fazendas dedicadas ao café e ao chocolate, algumas delas datadas do século XVII.

+ Veja todas as informações aqui: Itu apenas 100 km de SP é ideal no Fim de Semana. 

São Francisco Xavier
Sao Francisco Xavier
Ideal para uma escapada de Fim de Semana, a cidade possui uma paisagem privilegiada, com fortes declives e grandes altitudes cuja culminância é o Pico de Selado, com 2.082 metros, de onde se avistam as cidades vizinhas, compondo um relevo harmonioso de montanhas e vales, considerado uma Área de Proteção Ambiental Federal, por fazer parte da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul.

Localizado a 720 metros de altitude e a uma distância de 54,8 km de São José dos Campos. Ainda mantém a característica de um pequeno povoado do interior, estando perfeitamente integrado ao seu modo de vida, inclusive com a manutenção de algumas tradições tais como: o artesanato típico da região e festas religiosas que atraem um número expressivo de pessoas.

São Francisco Xavier possui várias trilhas para caminhadas e para “mountain bike”. Também há uma rampa de voo livre e vários pontos com altitudes apropriadas para praticar “paraglider”. Conta ainda com diversos rios e córregos apropriados para a canoagem.

+ Veja tudo que precisa saber aqui: São Francisco Xavier: destino incrível próximo a SP que vai te encantar. 

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Você gostou dessa dica de passeio?
Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

2 cidades perto de São Paulo para curtir um fim de semana romântico

Que tal aproveitar o fim de semana e surpreender a pessoa amada com um findi na Serra da Mantiqueira regado a muito vinho e fondue? Estas cidades possuem uma grande diversidade de atividades, como trilhas, banhos de cachoeira, degustação de vinhos… Além de romântico, é uma ótima ideia para sair da rotina! Confira 2 cidades perto de São Paulo para ir a dois:

Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!

São Francisco Xavier
São Francisco Xavier
Ideal para uma escapada de Fim de Semana, a cidade possui uma paisagem privilegiada, com fortes declives e grandes altitudes cuja culminância é o Pico de Selado, com 2.082 metros, de onde se avistam as cidades vizinhas, compondo um relevo harmonioso de montanhas e vales, considerado uma Área de Proteção Ambiental Federal, por fazer parte da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul.

Localizado a 720 metros de altitude e a uma distância de 54,8 km de São José dos Campos. Ainda mantém a característica de um pequeno povoado do interior, estando perfeitamente integrado ao seu modo de vida, inclusive com a manutenção de algumas tradições tais como: o artesanato típico da região e festas religiosas que atraem um número expressivo de pessoas.

São Francisco Xavier possui várias trilhas para caminhadas e para “mountain bike”. Também há uma rampa de voo livre e vários pontos com altitudes apropriadas para praticar “paraglider”. Conta ainda com diversos rios e córregos apropriados para a canoagem.

Como chegar: São Francisco Xavier está, a 138 km de São Paulo, 332 km do Rio de Janeiro.

Cunha
Cunha
Cenários de montanha, cultura e uma gastronomia de primeira, Cunha está encrustada entre colinas e montanhas, aninhada entre as serras da Quebra-Cangalha, da Bocaina e do Mar.

Limita-se com Ubatuba, São Luiz do Paraitinga, Lagoinha, Guaratinguetá, Lorena, Silveiras, Areias e São José de Barreiro no estado de São Paulo e Angra dos Reis e Paraty no estado do Rio de Janeiro.

A altitude media é de 1.100 metros e os pontos mais altos são o Pico da Pedra da Macela (1.840 metros) e o Pico do Cume (1.630 metros). Seu clima é temperado e seco, ideal para curtir uma atmosfera romântica.

Vale a pena conhecer as peças feitas com uma técnica japonesa chamada Noborigama, nos vários ateliês de cerâmica. Nos finais de semana e feriados, há aberturas de fornadas organizadas pelos artesãos. 

Festas religiosas: Festa do Divino, Semana Santa, Corpus Christi, Padroeira da cidade – Nossa Senhora da Conceição, 08 de dezembro.

Festas regionais e culturais: Festival de Verão e Fuscunha, Carnaval de rua, cavalaria de São Benedito, festa do pinhão, festival de inverno “Acordes na Serra”, festival gastronômico do Cordeiro Serrano, Expocunha, Festival de Cerâmica e Natal Luz.

Como chegar: Cunha está a 230 km de São Paulo. 

Se você esta sem tempo para fazer uma viagem longa, mas quer curtir o seu Fim de Semana de um modo diferente, vem com a gente!

#BomFindi

Siga MeuFindi nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/MeuFindi
Blog: www.blogmeufindi.com.br/
Instagram: www.instagram.com/meufindi/
Twitter: www.twitter.com/meufindi

Se você gosta de aproveitar o fim de semana, saber das novidades sobre tudo que acontece na sua cidade ou perto dela e ainda quer ajudar mais pessoas a curtirem um fim de semana perfeito, compartilhe MeuFindi com seus amigos.

Faça como milhares de leitores do MeuFindi, cadastre seu e-mail em nosso blog para receber novos conteúdos em primeira mão!

Você gostou dessa dica de passeio?
Cadastre-se para obter as vantagens do seleto grupo de pessoas que conhecerá a plataforma antes do lançamento oficial.
QUERO PARTICIPAR DO GRUPO!!!